Geral

Michael Clarke Duncan pretendia se casar em janeiro de 2013

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 4 de setembro (Folhapress) - Michael Clarke Duncan, que morreu hoje, estava noivo e pretendia se casar com Omarosa Manigault-Stallworth em janeiro de 2013, de acordo com o site "TMZ". O ator, mais conhecido por seu papel no filme "À Espera de um Milagre", de 1999, escondeu da imprensa o noivado, mas familiares e amigos estavam por dentro de seus planos. Segundo o "TMZ", o casal começou a planejar a cerimônia em julho, quando Clarke sofreu um ataque cardíaco e foi levado às pressas para o hospital. O site divulgou um vídeo que mostra Stallworth aos prantos no aeroporto de Los Angeles --ela estava fora da cidade quando soube da morte de Clarke. Morte O ator Michael Clarke Duncan morreu ontem aos 54 anos. Segundo sua noiva, ele morreu no hospital, onde estava desde julho, quando sofreu uma parada cardíaca. Duncan estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital de Los Angeles, nos EUA. Segundo informações do "TMZ", Duncan poderia ter morrido antes mesmo de chegar ao hospital se não fosse por Manigault, que conseguiu realizar o procedimento médico para ressuscitá-lo. O ator, que também participou dos filmes "Sin City - A Cidade do Pecado" e "Planeta dos Macacos", foi indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante por sua atuação em "À Espera de um Milagre". Nascido em Chicago em 1957, Duncan foi criado por uma mãe solteira. Quando jovem, foi para Los Angeles procurar emprego como ator. Nesse período, trabalhou como segurança de Will Smith, Jamie Foxx e LL Cool J. Depois da morte do rapper Notorius B.I.G, por quem Duncan havia sido contratado, ele resolveu largar seu emprego e se dedicar exclusivamente à carreira de ator.  

continua após publicidade