Geral

Polícia prende suspeito de envolvimento na morte delegado

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 4 de setembro (Folhapress) - Um suspeito da morte do delegado do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) Euclides Batista de Souza, 53, foi preso na sexta-feira passada, na zona leste de São Paulo. Souza foi assassinado com dois tiros por volta das 23h20 de quarta-feira passada na porta de casa em Itaquera (na zona leste). A polícia diz acreditar que o delegado foi vítima de um roubo e que seu trabalho não teve relação com o crime. Segundo a polícia, o suspeito foi preso durante o dia no bairro de Lageado. Ele não admitiu participação do crime. O DHPP não informou o nome do suspeito. Outros envolvidos ainda estão sendo procurados. Na quinta-feira, quatro suspeitos do crime foram detidos, ouvidos e liberados porque, segundo a polícia, não havia prova contra eles. Investigação Imagens das câmeras de segurança do dia do crime mostram o delegado chegando à casa dele de carro e saindo do veículo para abrir o portão. Um Gol preto, no qual os policiais imaginam estar os suspeitos, passa lentamente pela casa de Souza e vai até o fim da rua. Dois homens aparecem no fundo do vídeo. Souza guarda o carro dele na garagem e, após fechar um dos portões, é abordado e morto por um dos suspeitos. Uma última imagem mostra o delegado ao chão e o suspeito fugindo.  

continua após publicidade