Geral

Carro de chefe de campanha do PMDB em Itaboraí é alvo de tiros

Da Redação ·





RIO DE JANEIRO, RJ, 1 de setembro (Folhapress) - O coordenador de campanha do candidato à Prefeitura de Itaboraí (RJ) pelo PMDB, Wellington Campos, teve o carro atingido por sete tiros na noite de ontem. O veículo estava vazio e estacionado em frente ao comitê de campanha no momento dos disparos. Ninguém foi ferido.

Helil Cardoso é o candidato do PMDB à prefeitura da cidade. Itaboraí fica na região metropolitana do Rio de Janeiro e é onde a Petrobras está construindo seu complexo petroquímico, o Comperj. O município é um dos que receberão reforço do exército durante as eleições.

Em depoimento na 71ª DP, Campos disse que deixou o comitê por volta das 20h30 para buscar uma impressora na casa dele. O homem disse ter retornado 40 minutos depois e, por volta das 21h30, ouviu os tiros. Os disparos teriam saído de um carro preto que passou pelo local.

Campos disse à polícia que não tem inimigos e não sabe o motivo dos disparos. A perícia foi chamada e encontrou dois projéteis.

A Polícia Civil solicitará imagens das câmeras de segurança de estabelecimentos próximos.

A polícia não considera o caso como tentativa de homicídio, já que o carro estava vazio há algum tempo no momento dos tiros. A polícia dará prosseguimento às investigações para tipificar o crime.
 

continua após publicidade