Geral

Uma das maiores redes de spam do mundo é tirada do ar

Da Redação ·
Uma das maiores redes de spam do mundo é tirada do ar
fonte: Arquivo
Uma das maiores redes de spam do mundo é tirada do ar

Investigadores de empresas de segurança divulgaram a suspensão da botnet Grum, a terceira maior rede de computadores zombies do mundo. Os cibercriminosos usavam esta rede para enviar cerca de 18 mil milhões de mensagens de spam por dia, quase um quinto de todo o spam gerado por dia em todo o mundo.
 

continua após publicidade

Durante essa semana, os especialistas bloquearam a botnet e tomaram o controlo de servidores na Holanda e no Panamá. Contudo, segundo Atif Mushtaq, da empresa FireEye, os cibercriminosos transferiram os comandos para envio de spam para outras máquinas localizadas na Rússia e Ucrânia.
 
O investigador partilhou a informação sobre a nova localização dos computadores zombies com outros especialistas, inclusive localizados na Rússia e Ucrânia. Depois de três dias de trabalho conjunto, conseguiram, com a ajuda dos fornecedores de Internet locais, desligar a botnet Grum.
 

Segundo o jornal The New York Times, no início deste ano, funcionários da Microsoft também conseguiram desligar uma botnet que incluía computadores localizados nos Estados de Illinois e Pensilvânia (EUA). Essas máquinas eram usadas por cibercriminosos para rodar o Zeus, uma botnet que rouba informações bancárias de cibernautas, bem como números de cartão de crédito, após infectar os computadores com malware.

continua após publicidade