Geral

"Sou o Coringa", disse atirador ao ser preso no Colorado

Da Redação ·
A polícia informou que o atirador pintou o cabelo de forma a se parecer com o Coringa
fonte: AP
A polícia informou que o atirador pintou o cabelo de forma a se parecer com o Coringa

O principal suspeito de causar a morte de pelo menos 12 pessoas na estreia do filme Batman em um cinema do Colorado, nos EUA disse que "era o Coringa" aos policiais que o prenderam, de acordo com comissário da polícia de Nova York Ray Kelly. A declaração fez as autoridades suspeitarem que James Holmes, 24 anos, sofre de demência. As informações são da ABC News.


O comissário da polícia informou que Holmes pintou o cabelo de maneira a lembrar o Coringa, vilão do segundo filme da trilogia de Christopher Nolan. O suspeito abriu fogo aos 30 minutos de filme e, antes de sair, causou uma nuvem de fumaça com uma bomba de gás. Ele agiu sozinho e sabia o momento de atirar, segundo autoridades, porque os disparos foram feitos exatamente durante uma cena de tiros.


O ataque foi o mais grave ocorrido nos Estados Unidos nos últimos cinco anos, e aconteceu a apenas 20km do local do massacre de Columbine, onde dois alunos mataram outros 13 em 1999. Pelo menos 12 pessoas morreram e 71 ficaram feridas no ataque.

continua após publicidade

Com informações do Portal Terra