Geral

Manifestantes protestam no Japão contra o uso de energia nuclear

Da Redação ·
Manifestantes protestam no Japão contra o uso de energia nuclear
fonte: Voz da Rússia
Manifestantes protestam no Japão contra o uso de energia nuclear

Milhares de manifestantes saíram às principais ruas de Tóquio, no Japão, nesta segunda-feira (16), para protestar contra as atividades nucleares no país. O protesto ocorre 16 meses após as explosões e dos vazamentos radioativos na Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, no Nordeste do Japão. Os números sobre os participantes dos protestos variam.


Para os organizadores da manifestação, 170 mil pessoas participaram do ato. As autoridades policiais estimam, no entanto, que houve 75 mil manifestantes. Com cartazes e gritando palavras de ordem, os manifestantes pediram o fim do uso de energia nuclear e garantias de segurança na região de Fukushima.


Os protestos reuniram manifestantes de Tohoku, no Noroeste, onde fica Fukushima, Kyushu (no Sul do Japão), Shikoku (no Sudeste), Hokkaido (no Norte) e Kansai (no Centro-Oeste). “Quero um Japão limpo para meus filhos e meus netos”, disse a aposentada Akiko Ichikawa.


Os protestos contra o uso de energia nuclear vêm ganhando adesão popular no Japão, nos últimos meses. Apenas um dos 50 reatores no Japão continua em funcionamento, mas as companhias de eletricidade do país querem retomar as atividades, apesar das preocupações da população local.
 

continua após publicidade
continua após publicidade