Geral

Milhares de usuários podem ficar sem internet hoje (9)

Da Redação ·
Milhares de usuários podem ficar sem internet amanhã (9)
fonte: Arquivo
Milhares de usuários podem ficar sem internet amanhã (9)

Milhares de usuários de computadores em todo o mundo, que porventura estejam com servidores infectados com um vírus desde 2011, podem perder sua conexão à internet nesta segunda-feira (9), com a expiração de uma rede de segurança criada pelas autoridades norte-americanas, alertaram hoje (8) especialistas na área.


O problema é produzido pelo vírus conhecido como DNSChanger, criado por hackers para redirecionar o tráfego da internet ao obter IPs pelo sistema de nomes de domínio de navegadores da web (DNS). Os endereços ficaram sob o controle do FBI depois que o órgão desarticulou a quadrilha, e desde então os endereços têm sido mantidos no ar para que as vítimas não perdessem parte da conexão à internet.


No entanto, essa ordem judicial obtida pelo FBI expira nesta segunda-feira (9), quando especialistas afirmam que os computadores infectados devem enfrentar um "dia do juízo final da internet". Os sites do FBI, Facebook, Google, provedores de internet e empresas de segurança estão alertando seus usuários sobre o problema, além de orientar sobre formas de corrigir a falha.


As estatísticas mais recentes apontam que ainda restam 300 mil computadores com o vírus no mundo. O Brasil é o 13° país mais infectado, com mais de 6 mil sistemas ainda utilizando os servidores que serão desligados, de acordo com estatísticas do “DNSChanger Working Group”. O maior número de computadores afetados está nos EUA (69 mil). Em novembro de 2011, ao menos 4 milhões de máquinas em mais de 100 países estavam contaminadas.


A empresa de segurança Internet Identity reportou que pelo menos 58 das 500 maiores companhias americanas e duas grandes instituições governamentais tinham máquinas corrompidas pelo DNSChanger. Um número pouco expressivo quando comparado ao do mês de janeiro, quando metade das empresas e agências estava infectada.


Como verificar
Usuários podem verificar se seus computadores estão corrompidos por meio de um teste na página do grupo que investiga o vírus, ou de diversos outros operados por firmas de segurança. A página DNS-Changer.eu também realiza uma verificação rápida baseada no endereço IP do computador. Não acesse a página com tradutores web ou qualquer outra ferramenta. Apenas clique em "Start" e veja o resultado. A McAfee, que também desenvolveu uma ferramenta (acesse aqui), recomenda que os usuários limpem seus sistemas antes de segunda-feira.nformações

continua após publicidade
continua após publicidade

Com informações da Reuters e G1