Geral

Partícula de Deus pode ter sido encontrada

Da Redação ·
A partícula é considerada crucial para entender a formação do Universo
fonte: Divulgação
A partícula é considerada crucial para entender a formação do Universo
continua após publicidade

Uma das partículas mais procuradas da física, o bóson de Higgs, pode ter sido descoberto pelos Cientistas do Cern (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear). Eles anunciaram nesta quarta-feira (4) que encontraram uma nova partícula subatômica, que possivelmente seria a "partícula de Deus", considerada crucial para entender a formação do Universo.

O resultado foi considerado preliminar, mas um indicativo "forte e sólido" da partícula. Ainda assim, são necessárias mais pesquisas para comprovar que o que eles viram é de fato a partícula de Higgs.

Os cientistas alegam ter encontrado uma "curva" nos dados sobre as variações de massa das partículas geradas no imenso acelerador de partículas Grande Colisor de Hádrons. Essa "curva" corresponde a uma partícula que pesa 125,3 gigaelectronvolts (Gev) - cerca de 133 vezes mais pesada do que o próton existente no âmago de cada átomo.

O que não se sabe é se a partícula descoberta é realmente o Bóson de Higgs, uma variante ou uma partícula subatômica completamente nova, que leve a reformulações das teorias sobre a formação da matéria.

Apesar do grande impacto na física teórica, a descoberta ainda não representa um avanço direcionado a nenhum campo específico da tecnologia.

Em 2011, pesquisadores dos dois grupos de pesquisa do Cern já haviam “encurralado” o bóson de Higgs, quando identificaram a faixa em que encontrariam a partícula.