Geral

Pornografia infantil apreendida pela PF vai para perícia

Da Redação ·
Pornografia infantil apreendida pela PF vai para perícia
fonte: Divulgação/PF
Pornografia infantil apreendida pela PF vai para perícia

O material apreendido na manhã desta quinta-feira (28) por policiais federais durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em Maringá relativo à Operação DirtyNet (Internet suja), já foi encaminhado para perícia em Londrina, segundo informações da Polícia Federal (PF). Até o início da tarde, 18 pessoas em todo o Brasil haviam sido presas sob a acusação de participar de uma quadrilha internacional que compartilhava material de pornografia infantil na Internet. De acordo com a PF, também foram apreendidos computadores, arquivos em HD e pen drives, além de câmeras. O inquérito em Maringá continua aberto para identificar outros supostos envolvidos com a quadrilha. Eventuais envolvidos na troca de imagens de pornografia infantil serão criminalmente responsabilizados nas penas do artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei n° 8.069/1990. reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos, e multa). O setor de comunicação social da PF em Maringá informou que foi o cumprido na cidade um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça de Maringá, em uma residência de um dos supostos envolvidos no esquema, onde foram apreendidas algumas mídias (discos rígidos e pen drives). No entanto, não foi confirmado o flagrante nem foram encontradas imagens transmitidas ou armazenadas. O suspeito será chamado para prestar declarações.

continua após publicidade