Geral

Polícia divulga retrato falado de criminoso que estuprou e matou criança

Da Redação ·
 Na tarde de ontem (26) a Polícia Civil divulgou o retrato falado do suspeito de ter estuprado e matado a menina Beatriz Silva Pacheco Gonçalves, de dez anos
fonte: Polícia Civil/Divulgação
Na tarde de ontem (26) a Polícia Civil divulgou o retrato falado do suspeito de ter estuprado e matado a menina Beatriz Silva Pacheco Gonçalves, de dez anos

Na tarde de ontem (26) a Polícia Civil divulgou o retrato falado do suspeito de ter estuprado e matado a menina Beatriz Silva Pacheco Gonçalves, de dez anos. O crime aconteceu na semana passada em Sarandi, na região de Maringá. Conforme o retrato divulgado, o criminoso tem aproximadamente 40 anos, entre 1,70 e 1,75 metro de altura, cabelo grisalhos com preto e olhos castanhos escuros. Ainda segundo a descrição, o homem pesa aproximadamente 76 quilos. Um perito fez o retrato com base na descrição da principal testemunha do caso e primo da vítima, um menino de nove anos, que passou por uma sessão de hipnose forense com o psicólogo e psiquiatra Rui Sampaio, ontem (26) pela manmhã em Curitiba. De acordo com o Instituto de Criminalística, a porcentagem de semelhança é de 85%.O O garoto de noves anos detalhou que homem usava agasalho azul claro ou cinza com algo escrito que pode ser a identificação de uma firma de cimento. Ele vestia uma camisa xadrez azul e branca grossa, calça jeans escura e tênis preto.   O menino acrescentou ainda que a bicicleta do maníaco é azul com garupa e detalhes cinzas na traseira.

continua após publicidade