Geral

Paraná confirma mais três mortes por gripe A

Da Redação ·
País volta a ficar em alerta sobre o virus H1N1 (Foto: Divulgação/arquivo)
fonte: TNONLINE
País volta a ficar em alerta sobre o virus H1N1 (Foto: Divulgação/arquivo)

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná confirmou nesta segunda-feira (18) mais três mortes por gripe A (H1N1) no Paraná. Os casos foram registrados nos municípios de Curitiba, Cornélio Procópio e São Mateus do Sul. Desde o início do ano o Estado contabiliza cinco mortes – uma delas de um paranaense que adquiriu a doença e morreu no Nordeste do País.

O aumento no número de casos de gripe A nos últimos dias coloca o Paraná em alerta. Dos 64 casos confirmados este ano, 36 foram registrados no mês de junho. A situação de estados vizinhos – como Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul – também é preocupante. Santa Catarina já confirmou 268 casos e 21 mortes este ano.

MEDICAMENTO

continua após publicidade

 A Secretaria da Saúde recomenda que todas as pessoas que apresentarem febre, associada a tosse ou dor de garganta, sejam encaminhadas imediatamente para uma unidade básica de saúde. “Se o caso for classificado como suspeito de gripe o médico deve receitar o medicamento Oseltamivir, mesmo sem a confirmação por exames laboratoriais”, afirma o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz. O medicamento age contra os tipos de vírus Influenza mais circulantes no País e evita o agravamento do quadro clínico do paciente.

O governo do Estado oferece cerca de 2 milhões de apresentações do Oseltamivir para toda a rede pública de saúde do Paraná. Por determinação do secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, desde a última sexta-feira (15) os hospitais da rede privada que atendem casos de urgência e emergência também estão recebendo o medicamento.