Geral

Técnicos da Universidade Estadual de Londrina entram em greve

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Técnicos da Universidade Estadual de Londrina entram em greve
fonte: Divulgação
Técnicos da Universidade Estadual de Londrina entram em greve
continua após publicidade
Funcionários da Universidade Estadual de Londrina (UEL) entraram em greve depois de duas assembleias realizadas nesta terça-feira (5) no Hospital Universitário (HU) e no campus da UEL. Os servidores estão insatisfeitos com a demora do governo do Estado em apresentar uma nova proposta do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS).  O governo prometeu se manifestar até o dia 15 de junho, para fazer uma proposta aos servidores. Se isso não acontecer ou a proposta não agradar aos servidores a greve será estendida em todo o Paraná, na assembleia que já está marcada para o dia 18 de junho. De acordo com Marcelo Alves Seabra, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Técnicos-Administrativos da UEL (Assuel), a entidade vai procurar a Câmara Municipal e sensibilizar a sociedade sobre a intransigência na negociação com o governo.