Geral

Copel reabre caminho natural em Faxinal do Céu

Da Redação ·
continua após publicidade
Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, a Copel reabrirá um símbolo da biodiversidade do centro-sul do Estado: a Trilha das Sapopemas. O caminho - com cerca de 1,5 quilômetro de extensão - passa por dentro de uma mata nativa de floresta ombrófila mista (com araucárias) do Jardim Botânico na vila residencial de Faxinal do Céu, distrito de Pinhão, nas imediações da usina Governador Bento Munhoz da Rocha (Foz do Areia).  Entre os destaques da trilha estão as espécies vegetais típicas deste tipo de mata, como a araucária, o xaxim, a imbuia e a erva-mate. A sapopema, que dá nome à trilha, é uma árvore com cerca de 500 anos, imponente em meio à vegetação e que desperta a curiosidade de quem faz a caminhada.  CAMINHADA – A reabertura do caminho, coordenada pela Diretoria de Meio Ambiente e Cidadania Empresarial da Copel, está marcada para as 14h desta terça-feira (5), com a presença de autoridades e de 30 crianças, com idade entre 8 e 14 anos, do grupo escoteiro Guardião das Águas. A trilha ficará aberta à população, mediante agendamento e com serviço de guia, pelo email rsustentabilidade@copel.com  Com a orientação de profissionais de educação socioambiental, os participantes farão a caminhada de cerca de 40 minutos e terão oportunidade de conhecer o Centro de Referência para a Sustentabilidade das Araucárias, mantido pela Copel. Entre as presenças confirmadas para o evento estão o diretor de Meio Ambiente e Cidadania Empresarial da Copel, Gilberto Mendes Fernandes; e o coordenador de Educação Ambiental e Jardim Botânico do Paraná/Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Paulo Roberto Castella.  Serviço: Trilha das Sapopemas  Data: 05.06.12 – terça-feira  Horário: 14h  Local: Jardim Botânico, na vila residencial de Faxinal do Céu.  Como chegar: indo pela BR-277, entre na PR-170 e siga até o município de Pinhão. Ao passar o município, percorra mais 28km e você estará em Faxinal do Céu. Procure o Jardim Botânico e informe-se no centro de visitantes sobre a trilha (haverá placas de sinalização).