Geral

Polícia fecha laboratório clandestino em Maringá

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Polícia fecha laboratório clandestino em Maringá
fonte: João Cláudio Fragoso
Polícia fecha laboratório clandestino em Maringá

A Polícia Civil interditou um laboratório clandestino de remédios emagrecedores na tarde desta quinta-feira (17). Ele funcionava em uma chácara na Estrada Bandeirantes, na divisa de Maringá com Paiçandu. Quatro pessoas foram presas durante a abordagem, entre elas três adolescentes.

continua após publicidade
Segundo a investigação, o laboratório funcionava há cerca de dois anos. A polícia tomou comnhecimento através de uma denúncia anônima. Quase 50 tipos de 'remédios' eram fabricados no local. Aproximadamente 1,2 mil potes contendo entre 60 e 120 capsulas produzidas por dia, eram enviadas para distribuidoras do Paraná e Santa Catarina. Os envolvidos serão acusados de falsificação, crime contra o consumidor, sonegação fiscal e comercialização de medicamentos sem registro do Ministério da Saúde.  Os proprietários do laboratório clandestino não foram presos, mas já foram identificados. A polícia não revelou as identidades para não atrapalhar as investigações. A Polícia também quer saber quem é o dono da chácara onde funcionava o laboratório e se há mais pessoas envolvidas.