Geral

Fernanda Richa prioriza políticas para proteção de crianças e adolescentes

Da Redação ·
Fernanda Richa prioriza políticas para proteção de crianças e adolescentes
fonte: Arquivo
Fernanda Richa prioriza políticas para proteção de crianças e adolescentes
continua após publicidade
A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, esteve nesta terça-feira (15) em Foz do Iguaçu e São Miguel do Iguaçu, no Oeste do Paraná, para participar de ações de mobilização da Semana de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Fernanda Richa fez o lançamento da cartilha “Solte sua Voz. Saiba seus Diretos”, no Colégio Estadual Monsenhor Guilherme. 
 
A cartilha, desenvolvida pela Secretaria da Família e pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), faz parte da campanha “Doe Sua Voz” e propõe o engajamento da população para que a violência contra a criança e o adolescente seja denunciada. 
 
Este ano, a segunda etapa do projeto vai atingir a rede estadual de ensino, com a distribuição de 120 mil cartilhas. A campanha também prevê palestra com os estudantes e profissionais. 
 
Durante o evento, Fernanda Richa destacou que, além das ações de mobilização, cerca de R$ 56 milhões dos recursos do Tesouro e de outras fontes - entre eles a do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) - estão sendo aplicados para melhorar o atendimento às crianças vítimas de violência em todo Paraná. 
 
“Na região de Foz do Iguaçu, atendemos 341 adolescentes que cumprem medidas de internação nos Centros de Socioeducação, os Censes. Aqui integramos o programa Família Paranaense/Cense e reservamos a aplicação de R$ 545 mil por ano para investir na proteção social desses adolescentes e de seus familiares. Mas, para que esse projeto seja uma realidade, é necessária a participação de todos”, destacou. 
 
Para participar da ação especial Família Paranaense/Cense, os prefeitos têm que assinar um termo de adesão em que firma o compromisso de adotar a metodologia do programa desenvolvido pela Seds. A meta é tirar da vulnerabilidade social 100 mil famílias até 2014. 
 
Depois, em São Miguel do Iguaçu, Fernanda Richa esteve com técnicos da área de assistência e educação do município. A secretária da Família destacou o Dia do Assistente Social e agradeceu aos profissionais que atuam na área pela dedicação em defesa de causas como o combate à violência contra a criança e o adolescente. 
 
PROJETOS – Nas duas cidades, a secretária visitou projetos sociais voltados para o atendimento de crianças e adolescentes. 
 
Acompanhada do prefeito de São Miguel do Iguaçu, Armando Polita, e da primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, Nailor Teresa Polita, Fernanda Richa esteve no Centro Integrado de Trabalho Educação e Lazer – CITEL, onde conheceu um projeto-referência em contra turno social. Também assistiu a apresentação do grupo Vozes de Mãe e almoçou na companhia de cerca de 300 crianças atendidas pelo programa. 
 
Em Foz do Iguaçu visitou também a Sociedade Civil Nossa Senhora Aparecida, que gerencia quatro creches municipais e desenvolve trabalhos sociais nas áreas de cidadania, educação e saúde. A entidade cuida de mais de 820 crianças de até seis anos com atenção integral, dentro de uma visão holística.