Geral

Mark Zuckerberg causa desconforto na bolsa de Nova York

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mark Zuckerberg causa desconforto na bolsa de Nova York
fonte: Divulgação
Mark Zuckerberg causa desconforto na bolsa de Nova York
continua após publicidade
A entrada do Facebook na Bolsa de Nova York  causou críticas severas que vão desde a maneira de se vestir de Mark Zuckerberg até às recentes aquisições feitas pela empresa. No dia 3 de maio, o Facebook anunciou que mais de 337 milhões de ações seriam ofertadas a preços que oscilariam entre US$ 28 e US$ 35 no Nasdaq, no dia 18 de maio. Outras 50 milhões de ações poderiam ser lançadas ao mercado caso fosse necessário. A operação valorizaria o grupo entre US$ 70 e US$ 87,5 bilhões e em até US$ 97 bilhões aproximadamente caso fossem incluídas todas as opções de ações que poderiam ser exercidas no prazo de um a dois anos. As cifras da empresa são bastante superiores à captação de US$ 23 bilhões do Google em sua estreia na bolsa, em 2004. Contudo, a empresa continuará funcionando com empregados que durante muito tempo foram remunerados com ações e que da noite para o dia se tornarão milionários - começando por Mark Zuckerberg, que nesta segunda-feira (14) completa 28 anos e que possui 53% dos direitos de voto na empresa. Zuckerberg é conhecidamente o mais excêntrico executivo em evidência no mercado. Na semana passada, alguns analistas inclusive o criticaram por vê-lo vestido com seu tradicional moletom com capuz em uma reunião importante. Este tipo de comportamento está incomodando pessoas que possuem meios para fazer fracassar a entrada do Facebook na Bolsa.