Geral

Governo do PR distribui 5 mil toneladas de alimentos para as escolas

Da Redação ·
 Governo do PR distribui 5 mil toneladas de alimentos para as escolas
fonte: AEN
Governo do PR distribui 5 mil toneladas de alimentos para as escolas
continua após publicidade
A Secretaria da Educação iniciou a distribuição da segunda das quatro remessas de alimentos previstas para atender o Programa Estadual de Alimentação Escolar em 2012. Cerca de 5 mil toneladas em gêneros alimentícios serão distribuídas para as 2,2 mil escolas estaduais e unidades de educação especial conveniadas até o dia 27 de maio. O investimento total é de R$ 100 milhões. 
 
O programa atende 1,3 milhão de estudantes por dia nos 399 municípios do Estado. Por determinação do secretário da Educação e vice-governador, Flavio Arns, em 2013 serão adicionados a esse público os alunos das Apaes (Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais) e escolas de ensino especial. 
 
Além dos produtos encaminhados pela secretaria, 1.807 escolas - em 87% dos municípios paranaenses - têm a merenda enriquecida semanalmente com produtos provenientes da agricultura familiar (como frutas e verduras). As outras unidades recebem recursos, por meio Programa Escola Cidadã (PEC), para a compra direta desse tipo alimento. 
 
Neste ano, o Estado ampliou a aquisição de produtos da agricultura familiar. Até o ano passado, o valor investido anualmente era de R$ 2,5 milhões. Agora, o governo estadual comprará, diretamente de pequenos agricultores, um total de R$ 23 milhões em alimentos não perecíveis. 
 
Com isso, o Paraná é o primeiro estado a cumprir a legislação federal que destina 30% dos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para a compra de produtos da agricultura familiar. Para o ano que vem, a meta é destinar cerca de 35% dos R$ 80 milhões a serem repassados pelo governo federal. 
 
MAIS QUALIDADE – O investimento na melhoria alimentação escolar é aprovado pela comunidade escolar. “A qualidade da merenda melhorou. Os novos tipos de alimento contribuem muito para isso”, afirma a professora Adriana Nascimento, diretora do Colégio Estadual Tancredo Neves, em Doutor Ulysses. 
 
“A merenda que tem chegado para nós é bem mais variada do que tínhamos antes”, diz o aluno Mateus Henrique de Almeida, de 14 anos, que cursa o 8º ano no Colégio Estadual Alberto Santos Dumont, em Apucarana.