Geral

Primeira diretoria da Agência de Defesa Agropecuária toma posse

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Primeira diretoria da Agência de Defesa Agropecuária toma posse
fonte: Agência de Notícias do Paraná/ANPr
Primeira diretoria da Agência de Defesa Agropecuária toma posse
continua após publicidade
O governador Beto Richa empossou nesta segunda-feira (07/05), no Palácio Iguaçu, os primeiros diretores da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar). A autarquia foi criada em dezembro de 2011 para executar serviços de fiscalização e inspeção de sanidade agropecuária no Estado.  Segundo o governador, a criação da Agência vai modernizar o sistema de defesa sanitária estadual e garantir a oferta de produtos paranaenses de qualidade nos principais mercados do mundo. “Um objetivo especial é atingir a condição de área livre de febre aftosa sem vacinação. Este é o compromisso que assumi com o setor produtivo”, lembrou Richa.  Richa destacou que entre os objetivos do governo estadual está a reconquista do mercado russo, ampliação da fatia do Paraná nas exportações brasileiras para a China e a abertura do comércio com a comunidade Européia. “Este é um instrumento fundamental para promover a saúde animal e a sanidade vegetal, assegurando que a produção paranaense conquiste os mais exigentes mercados globais”, disse.  DIRETORIA - A diretoria da Adapar será composta pelo médico veterinário Inácio Afonso Kroetz (diretor-presidente); pelo médico veterinário Silmar Burer (chefe de gabinete); o engenheiro agrônomo Adriano Luiz Ceni Riesemberg (diretor de Defesa Agropecuária); e o engenheiro agrônomo Adalberto Luiz Valiati (diretor Administrativo-Financeiro).  O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, elogiou a formação profissional dos diretores da Adapar e disse que a escolhe dos ocupantes levou em considerações questões técnicas e de qualificação profissional. “São todos profissionais capacitados e com muita experiência”, disse o secretário.  O diretor-presidente da Adapar, Inácio Afonso Kroetz, agradeceu a confiança do governador e do secretário e destacou a importância da criação de uma Agência de Defesa Agropecuária para regulamentar o agronegócio e apoiar os produtores paranaenses.  Em discurso, ele definiu as 12 metas prioritárias de sua gestão para a conservação da sanidade animal e vegetal. Entre os itens estão o intensivo controle do trânsito agropecuário, o rigoroso recadastramento das propriedades, a ampliação da fiscalização do comércio de sementes e a orientação para o uso adequado de agrotóxicos.  ADAPAR - De acordo com o secretário Norberto Ortigara, a Adapar vai aperfeiçoar os mecanismos de controle dos rebanhos, emitir guias de trânsito animal pela internet e fortalecer os conselhos municipais de sanidade agropecuária, entre outras ações. “O objetivo é promover um ganho de qualidade para a produção brasileira contribuindo para ampliar as exportações”.  Entre as atribuições da agência está a elaboração do Plano Estadual de Defesa Agropecuária, que seguirá as diretrizes do plano nacional e buscará a inserção do Paraná no mercado nacional e internacional. A Adapar terá ainda um conselho de administração composto por 10 membros, que vai definir as políticas e prioridades da autarquia.  Com a posse da diretoria, o governo estadual vai autorizar a realização de concurso público para a contratação de médicos veterinários e engenheiros agrônomos que vão compor a estrutura da nova autarquia. A legislação que criará os novos cargos será votada pela Assembleia Legislativa ainda nesse mês.  Esses profissionais serão deslocados para atuar nas barreiras interestaduais, fiscalizações volantes, unidades veterinárias e locais que necessitam de recomposição de pessoal para a fiscalização e inspeção de produtos agropecuários.  CURRÍCULO – O diretor-presidente da Adapar, Inácio Afonso Kroetz, foi secretário nacional de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de 2007 a 2011, período em que adquiriu experiência em negociações internacionais sobre questões sanitárias. Nesse cargo, trabalhou também pelo fortalecimento do sistema agropecuário nacional, por meio de parcerias com os estados, municípios e a iniciativa privada.  Kroetz atuou também na política voltada ao setor avícola e na ampliação do controle e erradicação da febre aftosa nos estados do Norte e Nordeste do País. Foi funcionário de carreira do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), onde ingressou em 1985 e exerceu os cargos de gerente de projeto no programa de Produção Animal e de coordenador da Área de Melhoramento e Reprodução Animal.  VEÍCULOS – Na solenidade de posse da diretoria da ADapar, o governador Beto Richa entregou 50 automóveis para o Departamento de Economia Rural (Deral), órgão vinculado à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento. Os novos veículos serão utilizados para pesquisa de safra.