Geral

Russos protestam nas ruas de Moscou contra o presidente Vladmir Putin

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Russos protestam nas ruas de Moscou contra o presidente Vladmir Putin
fonte: Ivan Sekretarev/AP
Russos protestam nas ruas de Moscou contra o presidente Vladmir Putin
continua após publicidade
Milhares de pessoas percorreram neste domingo (6) o centro de Moscou na chamada “Marcha dos Milhões”, em protesto contra o presidente eleito da Rússia, Vladimir Putin, que toma posse nesta segunda-feira (7). A tropa de choque da polícia já prendeu vários opositores que começaram a reivindicar uma hora de transmissão nas emissoras de televisão estatais da Rússia. Com a praça Bolotnaya repleta de pessoas, a polícia bloqueou um dos acessos ao local e impediu que opositores conseguissem chegar ao lugar, onde estava previsto o início de um comício. As autoridades informam que cerca de 8 mil pessoas participaram do protesto, mas os organizadores mencionam 20 mil participantes. No resto do país, a aglomeração era menor e a polícia prendeu cerca de 20 manifestantes em diversas cidades. A manifestação em Moscou se estendeu ao longo de um quilômetro em seu avanço pela rua Bolshaya Yakimanka, para desembocar na praça Bolotnaya, local da primeira grande manifestação contra Putin, em dezembro de 2011. “No lugar do início da marcha se congregaram cerca de 8 mil pessoas”, informou um porta-voz do Ministério do Interior russo, citado pela agência de notícias “Interfax”. Já um dos líderes da oposição não parlamentar, Sergei Davidis, estimou que pelo menos 20 mil pessoas compareceram à convocação.