Geral

Maringaenses organizam manifestação em defesa aos flanelinhas

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Maringaenses organizam manifestação em defesa aos flanelinhas
fonte: Foto ilustrativa
Maringaenses organizam manifestação em defesa aos flanelinhas
continua após publicidade
Um grupo de moradores de Maringá  está organizando uma mobilização em defesa dos flanelinhas, para garantir que os guardadores de carros continuem atuando na cidade.  A idéia surgiu após o vereador Flávio Vicente (PSDB) protocolar, em janeiro, um projeto de lei para proibir a atividade em Maringá — que já é proibida desde 1997. A data da ação já está marcada para o dia 7 de outubro, mas o locail ainda não foi definido, mas apesar desse detalhe, 46 pessoas já confirmaram a presença no evento, que possui uma página no Facebook. 
No site, um texto de manifestação chama a atenção por considerar  “preconceituosas”  e “egoístas”, as pessoas que são contrárias aos flanelinhas. Segue um trecho do manifesto:
“Essas pessoas preconceituosas se sentem agredidas, não apenas pelo fato do/a flanelinha querer ser um cuidador de carros, mas por julgá-lo como se ele fosse um vagabundo e por ele “atrapalhar” a medíocre vida de egoísmo e individualismo sua e dos filhos da sua classe social – (média – média alta e alta)! Esse projeto valoriza um sentimento deplorável, que leva a sociedade à uma desumanização e ao aprofundamento da crise civilizatória!” Até o momento, os organizadores enviaram convites para 2.159  usuários do Facebook participarem do evento.