Geral

Segunda UPS começa a ser instalada em bairro de Curitiba

Da Redação ·
 Segunda UPS começa a ser instalada em bairro de Curitiba
fonte: AEN
Segunda UPS começa a ser instalada em bairro de Curitiba
continua após publicidade
O Governo do Estado iniciou nesta quinta-feira (03/05) a implantação da segunda Unidade Paraná Seguro (UPS) em Curitiba. Cerca de 300 policiais militares e civis, com apoio da Guarda Municipal, ocuparam o bairro Parolin desde as 6 horas para cumprir mandados de busca e apreensão. A região é uma das mais violentas da capital. 
 
“Iniciamos nova ocupação de uma área que estava dominada pela criminalidade. As forças policiais permanecerão no local para levar tranqüilidade aos moradores e um grupo especial de militares será fixado no bairro para desenvolver o trabalho de polícia comunitária”, explicou o governador Beto Richa. 
 
Segundo Richa, novas UPS serão instaladas ao longo do ano dentro do processo de combate ao crime, com prioridade para as regiões mais violentas da capital. A previsão da Secretaria de Segurança Pública é implantar ao menos 10 unidades em Curitiba. A primeira foi instalada no bairro Uberaba, em março passado. “Vamos levar esta medida também para as cidades do interior do Paraná numa segunda etapa”, disse Richa.
 
O secretário da Segurança, Reinaldo de Almeida César, reforçou que a UPS não é apenas um projeto de policiamento, mas de melhoria da vida comunitária e de integração entre governo e sociedade, com a recuperação de um espaço urbano. “A presença da polícia contribui para a implementação de programas e políticas públicas para melhorar a vida das pessoas”, afirmou.
 
Almeida César explicou que para a implantação da UPS as forças de segurança realizam ações de inteligência, com planejamento, monitoramento da área e prisão de criminosos para a entrada efetiva da polícia. De acordo com o sub-comandante-geral da Polícia Militar, coronel César Alberto Souza, o trabalho de ocupação do Parolin foi iniciado na quarta-feira, quando já foram cumpridos mandados de prisão. Ele disse ainda que a população pode contribuir com o trabalho da polícia fazendo denúncias pelo telefone 181.
 
APROVAÇÃO - A implantação da primeira Unidade do Paraná Seguro no bairro Uberaba, em Curitiba, foi aprovada 92,2% da população da capital, segundo pesquisa apurada pelo Instituto Paraná Pesquisas a pedido do jornal Gazeta do Povo.
 
Na primeira UPS trabalham 60 PMs especialmente treinados dentro do conceito de polícia comunitária. Cada um deles cuida de uma determinada área do bairro, pela qual é responsável pelo atendimento direto às demandas da população. O comando da unidade é da primeiro-tenente Caroline Costa, com supervisão da tenente-coronel Karin Krasinski, comandante do 20º Batalhão da Polícia Militar.
 
No Parolin, 30 policiais militares serão designados para a mesma tarefa em razão do território ser menor. Para aproximar as forças de segurança da comunidade, os policiais devem percorrer as ruas e se apresentar aos moradores. Também farão um cadastramento de famílias e do comércio, para que possam ser acionados em caso de necessidade.