Geral

Animais silvestres em cativeiro são apreendidos em Florestópolis

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Animais silvestres em cativeiro são apreendidos em Florestópolis
fonte: Polícia Ambiental
Animais silvestres em cativeiro são apreendidos em Florestópolis
continua após publicidade
Depois de denuncia anônima de comércio e captura de animais silvestres, Policiais Militares da segunda companhia de policia ambiental pertencentes ao primeiro pelotão, Londrina, deslocaram-se na cidade de Florestópolis, e na rua Jasmim, conjunto habitacional Jabur, localizaram um senhor de 51 anos de idade, que tinha em sua residência sete pássaros silvestres apreendidos, sendo criados em cativeiro com o uso de gaiolas individuais.
 
Imediatamente foi dada voz de prisão ao denunciado, e foram apreendidos os sete pássaros silvestres das espécies: Trinca-ferro, Coleirinha, Sabiá Pardo, Melro e Pixoxó, sendo este ultimo espécime pertencente ao litoral e mata atlântica.
 
Não foi possível constatar o comércio dos animais, mas a simples posse configurou o crime, sendo o senhor de 51 anos de idade encaminhado preso, foi lavrado termo circunstanciado de infração penal contra ele que vai responder criminalmente pela captura e cativeiro das aves, além disto esta sendo comunicado o IAP para que proceda a parte administrativa da ocorrência.
 
Todos os pássaros foram encaminhado ao CETAS da cidade de Mauá da Serra, aonde serão avaliados por profissionais e depois de readaptados a vida silvestre, liberados de retorno a natureza.
 
Nós da Polícia Ambiental agradecemos as pessoas que denunciam atos contrários a legislação ambiental, estimulamos que a comunidade estimule as denuncias anônimas que auxiliam a preservação da natureza.
 
A população pode denunciar os crimes colaborando para a preservação dessa biodiversidade e ainda colaborar com a Polícia Ambiental denunciando esses fatos criminosos através dos telefones 0800-6430304,  43-3341-7733.