Geral

Alunos usam arte para acabar com poluição visual

Da Redação ·
Estudantes usam técnica de sobreposição de desenhos para criar arte nos muros
fonte: Divulgação/Prefeitura de Toledo
Estudantes usam técnica de sobreposição de desenhos para criar arte nos muros
continua após publicidade

Com o objetivo de acabar com a poluição visual, cerca de 40 alunos de uma escola de Toledo grafitaram o muro de uma construção em frente ao Teatro Municipal.

O responsável pelo projeto, Neimar Proença Oliveira, disse que o local foi escolhido porque fica perto do cartão postal da cidade. “Nós escolhemos sempre áreas que estão com poluição visual e esse lugar estava horrível” contou. 

A técnica escolhida foi o “Estêncio”, que é a transferência do desenho para o suporte, através de uma placa de PVC e spray. O responsável pelo projeto disse ainda que eles têm autorização de todos os proprietários para fazer o grafite e que é entregue um projeto para saberem o que será grafitado. A intervenção urbana será concluída no domingo (22), integrando a programação da segunda Virada Cultural de Toledo, que ocorre sábado (21) e domingo (22).

O objetivo, segundo Oliveira, é transformar tudo em arte. “Não temos a intenção de criar nenhum artista, nossa intenção é criar uma consciência cultural e artística”. Os desenhos usados para a grafitagem tem a característica de personagens conhecidos no meio jovem. “A primeira coisa que as pessoas pensam [da grafitagem] é que é um vandalismo”, completou Oliveira.

A ação faz parte do Projeto Papel de Bala, criado em 2004 com a ideia de aprofundar o estudo da arte. E o nome surgiu da possibilidade do aluno transformar tudo o que é lixo em obra de arte. “O aluno que é criativo consegue criar até com um simples papel de bala novas possibilidades”, ressaltou o idealizador do projeto.