Geral

Setor vestuário encarece os preços em Curitiba

Da Redação ·
continua após publicidade
Segundo dados divulgados divulgados nesta sexta-feira (20) pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social O custo de vida para quem mora em Curitiba aumentou 0,74% na segunda semana de abril.
 
 
A variação prévia do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrada, a partir de 16 de abril, foi determinada pelo setor de vestuário. Oito dos 15 produtos que sofreram os aumentos mais significativos pertencem a este setor. Em média, o reajuste foi de 4,12%.
 
 
Outros itens que contribuíram isoladamente para um índice maior no custo de vida foram os cigarros (7,34%), aluguel de imóveis (1,34%), CDs (12,20%), tratamento dentário (4,36%), tarifa de ônibus urbano (2,23%), ingresso para teatro (96,99%) e passagem aérea (6,95%).
 
 
O índice é válido para a faixa da população que tem renda entre um e 40 salários mínimos.