Geral

Requião acusa Beto Richa de envolvimento com Cachoeira

Da Redação ·
 Requião diz que Beto Rica tem envolvimento com Carlos Cachoeira
fonte: Bem Paraná
Requião diz que Beto Rica tem envolvimento com Carlos Cachoeira
continua após publicidade
O senador Roberto Requião (PMDB) causou polêmica no plenário do Congresso. Em seu discurso, Requião afirmou que investigações da Polícia Federal apontam que o governador Beto Richa teria envolvimento com a máfia Carlos Augusto Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira.
 
 
Requião disse que e-mails interceptados pela PF apontam que Richa manteria contato com o argentino Roberto Coppola e Adriano Aprigio de Souza, cunhado de Cachoeira. Nos e-mails, Coppola teria dito que o encontro com Richa foi muito proveitoso e que o governador se comprometeu a reativar a empresa de loterias do estado, que foi fechada durante o mandato de Requião.
 
 
O senador pediu no discurso que Beto Richa seja convocado a depor na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), que deve começar as atividades nas próximas semanas no Congresso.
 
 
A Secretaria de Comunicação Social do Paraná divulgou uma nota rebatendo as acusações de Requião:
 
"NOTA DE ESCLARECIMENTO
 
A respeito dos diálogos entre pessoas que são investigadas pela Polícia Federal por envolvimento com jogos, que conforme noticiária da imprensa incluiriam a citação do nome do governador Beto Richa, temos o seguinte esclarecimento a fazer:
1 - O governador Beto Richa não conhece, nunca falou e não tem qualquer relação com as pessoas de Roberto Coppola ou Adriano Aprigio de Souza.
2 - O governador Beto Richa nunca tratou de qualquer proposta de reativação de serviço de loterias e  nem autorizou qualquer membro do governo a tomar qualquer iniciativa com esse objetivo.
3 - Assim, o envolvimento do nome do governador Beto Richa nesse asssunto não tem qualquer fundamento em fatos.
4 - A manifestação do senador Roberto Requião, feita hoje no Senado, é totalmente descabida, injusta e infundada. Por isso mesmo, não merece crédito.
 
Curitiba, 19 de abril de 2012
 
Secretaria de Estado da Comunicação Social"