Geral

Projeto de bicicletas de aluguel em Curitiba será implantado no 2º semestre

Da Redação ·
Os idealizadores do projeto, Rafael, Luiz Eduardo e Lucas
fonte: Danilo Herek
Os idealizadores do projeto, Rafael, Luiz Eduardo e Lucas

Curitiba terá um sistema de aluguel de bicicletas ainda no segundo semestre deste ano, garante o designer e empresário Rafael Medeiros, da Bicicletaria.net. A empresa venceu a licitação da Urbanização de Curitiba (URBS), responsável pela administração do transporte da capital, para ocupar três dos seis bicicletários já existentes na cidade. A informação foi divulgada na quinta-feira (12), durante o Fórum de Trânsito.

continua após publicidade

Segundo Medeiros, a Bicicletaria.net foi a única a inovar no projeto de gestão e propor a integração dos bicicletários através do sistema de aluguel e compartilhamento dos veículos. Em cinco de fevereiro, a vencedora do edital assinou a permissão administrativa dos locais para os próximos cinco anos, podendo ser renovada. Por enquanto, estão a cargo da empresa os bicicletários instalados no Centro Cívico, no São Lourenço e no Jardim Botânico.

continua após publicidade

“Nós já manifestamos a intenção de levar o nosso sistema aos outros três bicicletários (do bairro Seminário, Carmo e Pinheirinho) e também criar outros espaços para pulverizar essa opção”, comentou.

continua após publicidade

O projeto da Bicicletaria.net foi idealizado em conjunto por dois designers e um engenheiro de processos, todos amigos. Medeiros contou ao G1 que a ideia inicial do projeto surgiu ainda em 2002, quando ele produziu o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Design, na Universidade Federal do Paraná (UFPR), com o tema “Bicicleta como alternativa de transporte em Curitiba”. “Era o embrião da proposta”, disse.

Contudo, o projeto só avançou quando o idealizador voltou à universidade, em 2010, para fazer o mestrado do Gestão Urbana, na Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Paraná. “Estou concluindo a dissertação “Políticas públicas para o aumento de participação modal da bicicleta como meio de transporte: o caso de Curitiba” e com a retomada das atividades, dos estudos, soube do edital e com o Lucas Pereira Nery, que também é designer, e o Luiz Eduardo Scheinkmanm, engenheiro de processos, montamos o projeto e constituímos a Bicicletaria.net”, explicou.

continua após publicidade

Como vai funcionar

continua após publicidade

Além de elaborar o funcionamento integrado dos bicicletários, os empresários colocarão a disposição um modelo de bicicleta que não tem correias, que atualmente só está disponível fora do Brasil . “Quem for para o trabalho de bicicleta, não vai ter a chance de sujar a roupa de graxa”, disse Medeiros.

continua após publicidade

O veículo funciona com um eixo de transmissão, que sustitui a corrente e deixa isoladas as partes lubrificadas da bicicleta.  O que facilita a manutenção e proporciona maior conforto ao ciclista.

Inicialmente, cada bicicletário terá uma frota de 50 veículos. Para alugar as bicicletas, o usuário terá que fazer um cadastro – no local ou pela internet, inserir o e-mail e senha em um dos armários instalados nos locais. Com a senha, o armário irá se abrir e liberar apenas uma chave. Esta, destrancará um dos cadeados que prendem a bicicleta dotada de GPS. Uma central fará o monitoramento do veículo alugado.

De acordo com o idealizador do sistema, a forma de pagamento do aluguel ainda está indefinido e vai depender do patrocinador e financiador dos espaços. Alguns bancos, empresas de segurança e marcas de bebidas já mostraram interesse no projeto.