Geral

Agricultor acredita em golpistas e perde R$ 241 mil no PR

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Agricultor acredita em golpistas e perde R$ 241 mil no PR
fonte: G1
Agricultor acredita em golpistas e perde R$ 241 mil no PR

O agricultor de Pérola D'Oeste, no sudoeste do Paraná, Iranil Celestino Parolin, foi vítima de um golpe de R$ 241,8 mil ao acreditar em um processo de 'multiplicação de dinheiro'. O caso foi na quinta-feira (5). De acordo com o delegado Douglas Possebom, os estelionatários disseram que as cédulas verdadeiras, que estavam em um balde embaixo da cama, iriam se multiplicar se o agricultor envolvesse-as em papel branco e jogasse um produto químico, oferecido por eles. Quando o agricultor dormiu, eles pegaram as cédulas verdadeiras e fugiram.

continua após publicidade

De acordo com o delegado, um dos homens que aplicou o golpe era conhecido do agricultor. "Esse 'amigo' ficou sabendo que ele queria negociar terras e que estava guardando o dinheiro em casa. Depois que soube disso, levou dois homens para jantar na casa do agricultor para tentar convencê-lo de que daria para multiplicar todo aquele dinheiro".

continua após publicidade


O agricultor contou que no primeiro momento achou que era enganação. "Eles insistiram e disseram que poderiam me provar. Foi aí que os três correram no carro e pegaram um monte de papel em branco e umas garrafas com produtos químicos. Eles envolveram uma nota de R$ 100 no meio dos papéis e jogaram o produto. Depois me mostraram outra nota de R$ 100. Aí eu achei que era verdade".

continua após publicidade

"O cheiro dos produtos químicos era muito forte e eu e minha esposa acabamos ficando tontos. Antes da gente ir dormir, eles pegaram o balde com o dinheiro, embrulharam no meio dos papéis, jogaram o líquido e disseram que de manhã eu poderia abrir que estaria tudo em dobro", acrescentou o agricultor.


Iranil afirmou que só percebeu que tinha perdido os R$ 241,8 mil quando acordou. "Foi um susto porque o dinheiro de verdade não estava mais no balde. Eu não tô acreditando ainda. Parece que ainda não acordei e que estou vivendo um grande pesadelo".

continua após publicidade


O rapaz que era conhecido da vítima já foi identificado e já tinha passagem pela polícia por estelionato. Ele e os outros dois golpistas continuam foragidos, segundo a polícia.
"Com um amigo como esse com certeza eu não precisaria de inimigo. Não acredito em mais ninguém", finalizou o agricultor.