Geral

Vestibular pode acabar nas faculdades estaduais do Paraná em 2013

Da Redação ·
A adesão das universidades estaduais paranaenses ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) nunca esteve tão próxima
fonte: Tribuna do Norte
A adesão das universidades estaduais paranaenses ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) nunca esteve tão próxima

Após suspeitas e dúvidas, a adesão das universidades estaduais paranaenses ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) nunca esteve tão próxima. O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Alípio Leal, planeja marcar uma reunião com membros do Ministério da Educação (MEC) nos próximos dias para tratar detalhes do assunto, e acredita que até 2013 o Sisu já esteja presente em todas as universidades.

continua após publicidade


O Sisu é um sistema gerenciado pelo MEC, no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ao todo, 95 instituições fazem parte do Sisu. No Paraná, participam apenas as instituições federais: o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR), a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).


“Existe um indicativo forte de que as universidades estaduais irão aderir ao Sisu. Já iniciamos tratativas com o Governo Federal há algum tempo, a fim de acertar a inclusão do Enem da melhor maneira possível”, explica o secretário. Ele espera que o Sistema esteja implantado na totalidade das universidades paranaenses já no processo de seleção do ano que vem.

continua após publicidade


As negociações envolvendo os governos Federal e Estadual são importantes para garantir uma compensação financeira para as universidades, já que o vestibular é uma grande fonte de renda para as instituições. “Solicitamos um encontro com o MEC para os próximos dias, com o objetivo de negociar uma compensação financeira para as universidades que abrirem mão do vestibular”, diz Alípio.


De acordo com o secretário, as universidades que aderirem ao sistema podem utilizar o Enem de três maneiras distintas. A primeira é como parte da nota total, sendo o restante contabilizado através do vestibular. Neste caso, a porcentagem da nota total atribuída ao Enem seria definida pela própria Universidade.


Outra possibilidade seria o uso do Enem como nota total, extinguindo o vestibular da instituição. E a terceira possibilidade seria usar a nota do exame em fase eliminatória.