Geral

Richa anuncia 25 milhões de reais para saneamento

Da Redação ·
Richa anuncia 25 milhões de reais para saneamento
fonte: AEN
Richa anuncia 25 milhões de reais para saneamento

O governador Beto Richa assinou nesta quinta-feira ordem de serviço para obras de saneamento em sete municípios da Região Metropolitana de Curitiba, e anunciou termos aditivos para a liberação de recursos para obras de saneamento rural em 15 municípios do interior.

continua após publicidade

Os investimentos somam mais de 25 milhões e 400 mil reais. As obras vão beneficiar mais de 14 mil famílias paranaenses. Os anúncios foram feitos em Curitiba, durante a abertura do seminário sobre água e segurança alimentar, que marca o Dia Mundial da Água.

continua após publicidade

O evento é promovido pela FAO – órgão da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação. Beto ressaltou que investir em saneamento é dar qualidade de vida aos cidadãos, e destacou as ações do governo estadual para a área./

continua após publicidade

Para as obras de saneamento na Região Metropolitana de Curitiba foram destinados cerca de 21 milhões de reais. Serão beneficiados os municípios de Balsa Nova, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Contenda, Lapa, Mandirituba e Piraquara.

As obras de saneamento rural, com investimentos de aproximadamente quatro milhões de reais, serão executadas em 15 municípios do interior, entre eles Cascavel, Cornélio Procópio, Diamante do Oeste, Prudentópolis e São Mateus do Sul. Fernando Ghignone, presidente da Sanepar, disse que os novos investimentos estão de acordo com o foco da empresa, que é levar serviços de qualidade para todo o Estado.

continua após publicidade

Ele também destacou as ações de conscientização da Sanepar para o uso racional da água// No discurso de abertura do seminário, o governador Beto Richa disse que o Paraná tem a responsabilidade de continuar contribuindo para o equilíbrio do sistema de água. Ele apontou que nos últimos anos o Estado é um ator global na questão da segurança alimentar, e que um terço dos recursos hídricos do Paraná é destinado à produção de alimentos.

continua após publicidade

O governador lembrou que enviará, nos próximos dias, dois projetos de lei para a Assembleia Legislativa tratando de questões ligadas à sustentabilidade e à preservação do meio ambiente. O primeiro prevê o pagamento por serviços ambientais prestados por produtores rurais que contribuam para a proteção do solo e da água, e o outro institui a Política Estadual de Mudanças Climáticas. O evento desta quinta-feira que marca o Dia Mundial da Água tem por objetivo promover o debate sobre água e segurança alimentar. 

Segundo dados divulgados pela ONU, o uso da água para fins domésticos, industriais e agrícolas vai aumentar em 50% até 2025, comparado com o consumo atual. A organização estima que a escassez de recursos hídricos vai afetar pelo menos três bilhões de pessoas, de todos os continentes. (Fernando Lopes)