Geral

Tiroteio em funeral de líder curdo na Síria deixa vítimas

Da Redação ·

Ao menos duas pessoas morreram e várias ficaram feridas por disparos de desconhecidos no funeral do dirigente curdo Mashaal Tammo, assassinado na sexta-feira, em Qamishli (nordeste da Síria), informaram neste sábado (8) os opositores dos Comitês de Coordenação Local.

continua após publicidade

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos cerca de 50 mil pessoas estavam na cerimônia de despedida e os disparos causaram "vários mortos" e ao menos três feridos.

continua após publicidade

Uma greve geral paralisa neste sábado as cidades de maioria curda no nordeste da Síria, em protesto pelo assassinato a tiros de Tammo.