Geral

Ladrões de banco, joalheria e residência são presos

Da Redação ·
Ladrões de banco, joalheria e residência são presos
fonte: AEN
Ladrões de banco, joalheria e residência são presos

Uma quadrilha suspeita de roubos a bancos, a joalherias e a residências foi presa em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, na quinta-feira (5), por policiais da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc). Segundo a polícia, Peterson Luiz Paiva, 29 anos, Célio Afonso da Silva, 36, Vitor André Santos, 32, Marcos Antônio da Silva, 31, Adailton João Ribeiro, 25, e Luiz Laurindo Ferreira Junior, 19, saiam de casa para assaltar um carro-forte no norte do Paraná.

continua após publicidade

As investigações duraram um mês e meio e tiveram início a partir de informações de que a quadrilha, que seria liderada por Peterson e Célio, contava com apoio de foragidos da Colônia Penal Agrícola. A dupla esteve presa nessa unidade penal. O grupo praticava roubos, para adquirir drogas vindas de Foz do Iguaçu e revendê-las em Curitiba e região.

continua após publicidade

Segundo a delegada Camila Chies Cecconello, responsável pelas investigações, a residência em Araucária, alugada no fim de setembro, servia como ponto de encontro entre os integrantes da quadrilha e depósito para os armamentos. A polícia abordou os suspeitos na segunda-feira (03), porque sabia que eles planejavam assaltar um carro-forte no norte do Estado.

continua após publicidade

Armas

Na residência, foram apreendidos um fuzil AR-15, uma submetralhadora UZI, uma pistola roubada da Polícia Federal roubada há dois meses, um colete à prova de balas, dois carregadores para submetralhadora, um para fuzil e outro para pistola, 83 munições de fuzil, 75 munições calibre 9 milímetros. A polícia também apreendeu um Fiat Doblo roubado, 110 gramas de maconha, 10 gramas de cocaína, documentos falsos em nome de Peterson e Célio, R$ 700 e um cheque de R$ 20 mil.

continua após publicidade

Todos os detidos possuem passagens pela polícia. Peterson e Célio foram presos três vezes por roubo, Marcos já havia sido preso duas vezes pelo mesmo crime e uma vez por sequestro relâmpago (extorsão), e Vitor, por furto e por roubo. Adailton tinha antecedentes por tráfico de drogas e Luiz, por roubo. Célio, Peterson, Marcos e Luiz eram foragidos da Colônia Penal Agrícola.

Célio e Peterson foram autuados em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, tráfico de drogas, associação para o tráfico, formação de quadrilha, uso de documento falso e receptação. Já Vitor, Marcos, Adailton e Luiz foram autuados por formação de quadrilha, tráfico e associação ao tráfico. Todos estão recolhidos no Centro de Triagem II, em Piraquara.

Segundo a delegada, a ação contou com apoio da Vara de Inquéritos Policiais, do plantão judiciário e da Promotoria Criminal.