Geral

Bebê de dois meses é raptado dentro de loja

Da Redação ·
Polícia Civil divulgou retrato falado da suspeita
fonte: Divulgação/G1
Polícia Civil divulgou retrato falado da suspeita

Um bebê com dois meses de idade foi raptado dentro de uma loja do município de Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba, na sexta-feira (2). Segundo testemunhas, uma mulher fugiu com a criança enquanto a mãe provava roupas.

continua após publicidade

De acordo com a mãe do menino, Rosilei Lara, na quinta-feira (1º) a suspeita foi até a residência onde a criança morava com pais, com intuito de oferecer trabalho para o pai, Tiago da Silva. “Ela falou que conhecia a minha mulher do postinho, e falou que ia ajudar (...) aí hoje (sexta) eu fui trabalhar e ela (Rosilei) apareceu com o carro da polícia, dizendo que meu filho tinha sumido”, contou Tiago.

Rosilei negou que conhecesse a mulher, e afirmou que a suspeita retornou na sexta-feira à residência, enquanto Tiago trabalhava, convidando a mãe para que a acompanhasse na compra de roupas. “Eu fui em três lojas. Ela me deu umas três calças, eu entrei no vestiário e não dava para ver nada. Daí quando eu saí do banheiro ela já tinha fugido com o nenê”, contou a mãe.

continua após publicidade

Uma funcionária da loja que presenciou o fato afirmou que pensou se tratar de avó, mãe e filha, por isso não estranhou quando a mulher saiu da loja levando a criança. “Só vi que ela saiu rápido, até achei estranho a saída dela”, contou a testemunha.

continua após publicidade

O delegado responsável pela investigação, Antônio de Campos, afirmou que a suspeita parece ser experiente. “Ela deve ter saído de carro, com alguém esperando. Isso aí parece coisa bem profissional”, disse. Segundo Campos, equipes da polícia procuram pistas nas ruas e já foi feito contato com a rodoferroviária de Curitiba para que o sistema de câmeras busque encontrar indícios de fuga.

Às 9h25 deste sábado (3), policiais da delegacia de Almirante Tamandaré informaram ao G1 que nenhuma pista havia sido localizada.