Geral

Ataques no sul de Israel deixam entre 3 e 7 terroristas mortos

Da Redação ·

Entre três e sete terroristas morreram durante os ataques e posteriores enfrentamentos com soldados israelenses registrados nesta quinta-feira no sul de Israel, informou a imprensa local.

continua após publicidade

Os ataques também provocaram a morte de cinco israelenses e deixaram dezenas de feridos.

As edições digitais dos jornais "Haaretz" e "Maariv" falam em três agressores mortos, enquanto a televisão israelense assegura que sete deles morreram.

continua após publicidade

Os ataques tiveram início ao meio-dia com disparos de pelo menos um foguete antitanque contra veículos e um ônibus público. Além disso, houve enfrentamentos armados entre forças de segurança israelenses e os agressores.

Os atentados deixaram pelo menos cinco israelenses mortos e 25 feridos, cinco em estado grave, disse à Agência Efe um porta-voz do Magen David Adom (MDA, equivalente à Cruz Vermelha).

O ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, responsabilizou as milícias palestinas da Faixa de Gaza pelos ataques.

O alto dirigente do movimento islâmico Hamas Ahmed Yousef negou a autoria dos ataques, mas louvou o múltiplo atentado e disse que ocorreu "no momento certo, pois os israelenses estão atacando Gaza dia e noite, todos os dias".