Geral

Ciclone acirra o frio e provoca ventos de mais de 100 km/h no Sul do país

Da Redação ·

Um ciclone extratropical que está próximo ao litoral Sul do país provocou ventos de mais de 100 km/h no litoral norte do Rio Grande do Sul e em parte de Santa Catarina na tarde e noite de terça-feira (2) e madrugada de quarta-feira (3). Segundo o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Flávio Varone, “o ciclone estava bem próximo ao litoral, provocando ventos fortes e acirrando o frio na região”.

continua após publicidade

Em Tramandaí (RS), o vento chegou a 96 km/h. Já no litoral de Santa Catarina, a velocidade do vento foi ainda maior, chegando a 106 km/h em Araranguá e 109 km/h em Urubici.

"O ciclone favorece a tempo mais frio, pois acentua a entrada do ar frio sobre o continuente, circulando do mar para a terra e empurrando o frio para dentro do continente”, explica Varone.

continua após publicidade

A previsão é de que as rajadas continuem fortes durante esta quarta-feira (3) até o final da manhã no Rio Grande do Sul e litoral sul de Santa Catarina, afastando-se em direção ao mar no fim do dia.

A Defesa Civil estadual registrou destelhamento de casas e queda de árvores e postes de luz devido aos ventos, chegando a faltar luz em algumas regiões. Até o início da manhã desta quarta-feira, apenas a cidade de Três Forquilhas havia comunicado oficialmente estragos pelo vento. Não houve registro de ocorrências graves até então.

A tendência, diz o meteorologista, é que o frio diminua até o fim da semana e as temperaturas aumentem no sábado na região. Há previsão de chuva apenas para o domingo.

continua após publicidade

Na terça-feira, nevou em quatro cidades catarinenses: São Joaquim, Lages, Urubici e Água Doce. E foram registradas temperaturas negativas em 17 municípios gaúhcos. Já na madrugada desta quarta-feira, as temperaturas mínimas ainda não foram consolidadas, segundo o Inmet.

Previsão parcial do Inmet na região Sul até as 8h desta quarta-feira apontava que Urubici, em Santa Catarina, registrou -2,3ºC. No RS, São José dos Ausentes marcou 0,7ºC e Inácio Martins (PR), também 0,7ºC.
 

Mato Grosso do Sul

continua após publicidade

No Mato Grosso do Sul, a Polícia Civil está investigando a morte de um homem de 48 anos que pode ter morrido de frio na terça-feira no distrito de Itahum, em Dourados, distante 225 quilômetros de Campo Grande. O homem foi encontrado encolhido como se tentasse se proteger do frio e vestia apenas uma calça jeans, um casaco fino e estava sem documentos.

De acordo com a meteorologista Cátia Braga, do Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul (Cemtec), na madrugada de terça-feira os termômetros marcaram 5,7°C em Dourados e a sensação térmica foi de -1,3°C.