Geral

Cohapar entrega 51 novas casas em Grandes Rios e Lidianópolis

Da Redação ·
Cohapar entrega 51 novas casas em Grandes Rios e Lidianópolis
fonte: lidianopolisnews.blogspot.com
Cohapar entrega 51 novas casas em Grandes Rios e Lidianópolis

A Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) entregou, nesta quinta-feira (28), o conjunto habitacional João Otaviano de Pádua, com 26 unidades, na cidade de Grandes Rios, e o conjunto Aldo Brazil Semeghini, com 25 casas, na cidade de Lidianópolis, região Norte Central do Estado. Os conjuntos receberam investimentos de R$ 541 mil e R$ 873 mil, respectivamente, e vão abrigar famílias com renda mensal média de um salário mínimo. “Hoje começa uma nova vida para estas famílias, que agora têm segurança e o endereço da cidadania”, disse o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche.

continua após publicidade

Para o prefeito de Grandes Rios, Silvio Dainnes, a entrega das chaves foi um dia para se comemorar. “A partir de hoje estas famílias têm um teto e um lugar para passar seus dias”. O prefeito disse ainda que está providenciando novas áreas para a habitação popular. “Sei que podemos investir nessa parceria com a Cohapar. Comprei uma área de um alqueire e vamos doá-la o mais rápido possível”.

continua após publicidade

Segundo o prefeito de Lidianópolis, Marcos Sobreira, a parceria com a Cohapar foi fundamental para que as famílias fossem atendidas. “Não conseguiria construir estas casas sem a ajuda do governo estadual e da Caixa. Hoje é um dia de alegria, pois vemos que este conjunto será ocupado por quem realmente precisa”.

continua após publicidade

Nova vida - Aparecida dos Santos e suas duas filhas vivem com uma renda de R$ 232 e moram em Grandes Rios em uma casa cedida pela prefeitura, com a fossa bem em frente à única porta de entrada. “Nem acredito que vou entrar em uma casa com cheirinho de nova. Aqui nessa casa tem goteiras, o chão está cedendo, não é o que eu quero para as minhas filhas. Seremos muito mais felizes na casa nova”, comemorou.

A aposentada Erenice da Silva também mora em uma casa de dois cômodos cedida pela prefeitura e conta que está ansiosa pela mudança. “Quero mudar logo, afinal lá vai ser meu. Tenho muitos sonhos, como aumentar a casa, fazer muro, mas é difícil, terei que fazer um pouco de cada vez”.

continua após publicidade

Pedro Ferreira Betim morou por muitos anos em uma fazenda afastada e desde que se mudou para o centro de Lidianópolis lutava para comprar uma casa. “A vida na cidade é mais difícil, mas nunca desisti de ter uma moradia para deixar aos meus filhos. Vou colocar piso, fazer um muro, plantar grama e vários pés de frutas, quero um lugar bem arrumadinho”, disse.

Cleusa Maria Barbosa, também moradora de Lidianópolis, paga R$ 200 pelo aluguel de uma casa onde mora com o marido e um filho. Ela conta que o maior sonho era livrar-se do aluguel. “Sempre ficava pensando até quando teria que pagar aluguel, afinal, é um dinheiro jogado fora, sem retorno. Com o dinheiro que sobrará vamos comprar o piso e fazer uma cozinha maior com fogão a lenha”.