Mais lidas
Entretenimento

Conheça a Igreja Missionária do Kopimismo

.

 O fundador Isak Gerson
O fundador Isak Gerson

 

Você já pensou em idolatrar o ato de copiar? Pois saiba que essa é a doutrina do kopimismo, onde o único mandamento é plagiar. 

O movimento que já possui mais de 5 mil seguidores, foi criado em janeiro deste ano, pelo estudante de filosofia Isak Gerson de 19 anos, na Suécia. Por mais contraditório que pareça ser, o grupo foi reconhecido como religião pelo governo sueco.

Os seguidores são denominados "Kopimistas" se referindo a copy me (copie - me) em inglês, cuja meta é defender o direito de compartilhar arquivos na internet, independente da fonte ou obra.

O fundador disse ter se inspirado no site The Pirate Bay. Segundo ele o mundo é feito de cópias. "Só vamos evoluir á partir do momento que utilizarmos as obras de outras pessoas para fazer algo melhor", acredita.

O objetivo da religião não é adorar imagens ou crença em deuses, muito menos fenômenos sobrenaturais. O grupo idealiza obter acesso de forma legal em qualquer obra, mas, apesar do reconhecimento, eles ainda não alcançaram essa meta.

O aval do governo significa apenas que eles podem discutir e incentivar o tema sem medo. Segundo os oficiais da embaixada da Suécia, a legislação não será flexível em relação à pirataria. Um exemplo é o próprio The Pirate Bay, que teve os seus fundadores presos e condenados a um ano de prisão por violar leis de direitos autorais.

Por enquanto os kopimistas não tem direito aos benefícios que a Suécia dispõe às religiões, resta a eles cuidar do nome para que nenhum outro grupo pirateie.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber