Esportes

Xavi renova contrato com o Al Saad até 2023 e nega cláusula para ida ao Barcelona

Da Redação ·

Ídolo do Barcelona, Xavi vai demorar ao menos mais dois anos para assumir o comando do clube. O ex-meia de 41 anos acaba de renovar contrato com o Al-Saad, do Catar, garantindo que vai cumprir o vínculo e negando, como noticiado na Espanha, que o novo acordo teria uma cláusula para sair de graça em caso de proposta dos catalães.

continua após publicidade

"Falar da cláusula que me permite sair a qualquer momento não é correto. Tenho um contrato de duas temporadas com o Al-Sadd e respeito esse contrato. Também respeito os métodos oficiais de negociação entre todas as partes", afirmou o treinador.

Sempre que o Barcelona fracassa em uma temporada, como vem decepcionando na atual, eliminado da Liga dos Campeões da Europa e quase fora da briga pelo título espanhol, o nome de Xavi ganha força para assumir o clube, que hoje é comandado pelo holandês Ronald Koeman. Ele, porém, mostra profissionalismo ao atual clube e descarta desonrar o compromisso assinado.

continua após publicidade

"Tenho orgulho de continuar no Al-Sadd. Conseguimos muito juntos, marcamos gols, vencemos partidas e títulos, e estamos todos muito orgulhosos desse sucesso. Este tipo de apoio é a melhor coisa que qualquer treinador pode obter", fez juras de amor.

Desde maio de 2019 comandando o Al-Saad, Xavi conquistou cinco taças dirigindo a equipe: Liga das Estrelas, Copa do Catar, Supercopa do Catar, Copa das Estrelas e Copa Emir. Após renovação, faz planos para mais conquistas no clube.

"Nosso desafio é continuar a melhorar o desenvolvimento. Estou muito animado para ajudar os jogadores do Al-Sadd a fazer isso", enfatizou, mostrando satisfação em permanecer no mundo árabe e descartando uma volta imediata à Europa.