Esportes

Vasco vence o Bangu no reencontro com ídolo Felipe pelo Carioca

Da Redação ·

No reencontro com o ídolo e maestro Felipe, o Vasco se recuperou da derrota no clássico contra o Botafogo e venceu o Bangu, por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, em São Januário, pela sétima rodada do Campeonato Carioca. Raniel e Nenê marcaram os gols do jogo.

continua após publicidade

O resultado positivo colocou o Vasco na terceira posição, com 16 pontos ganhos. Tem a mesma pontuação que o vice-líder Flamengo, mas com pior saldo de gols: 10 a 7. Já o Bangu chegou ao sexto jogo sem vitória, estacionou nos seis pontos e caiu para o nono lugar.

O Vasco preparou uma série de homenagens no reencontro com Felipe. O vice-presidente, Carlos Osório, homenageou com a entrega de uma camisa, enquanto os torcedores entoaram o nome do ídolo nas arquibancadas. Uma merecida homenagem ao agora treinador, revelado e multicampeão pelo clube.

continua após publicidade

Com bola rolando, o Vasco seguiu apresentando falhas no sistema defensivo e viu o Bangu quase abrir o placar aos quatro minutos, quando Nascimento passou com tranquilidade pela marcação, invadiu a área e finalizou para boa defesa do goleiro Thiago Rodrigues.

Mas o Vasco não se desesperou e aos poucos se aproximou da área e levou perigo ao Bangu. Aos oito, Nenê recebeu de Gabriel Pec e parou no goleiro Paulo Henrique. Depois, aos 12, foi a vez de Bruno Nazário girar sobre a marcação e finalizar para boa defesa do goleiro adversário.

A partida seguiu equilibrada e com chances dos dois lados. Thiago Rodrigues teve trabalho para defender chute forte de Denílson, aos 24 minutos, enquanto o Juninho, aos 35, aproveitou sobra em cobrança de escanteio e chutou com perigo, quase abrindo o placar para o Vasco.

continua após publicidade

No segundo tempo, o Bangu deu indícios de que seguiria dando trabalho, mas o Vasco não quis saber e abriu o placar aos 14 minutos, quando Nenê deu lindo passe para Raniel e o atacante chutou com a perna esquerda, para alívio do torcedor que foi a São Januário.

O gol de Raniel ruiu a estratégia do Bangu, que sentiu a desvantagem e pouco tempo depois, aos 19, viu Nenê cobrar falta com perfeição e fazer o segundo do Vasco, deixando bem encaminhada a vitória. O detalhe do gol é que o goleiro Paulo Henrique ainda tocou na bola antes dela entrar.

A vantagem de 2 a 0 tranquilizou o Vasco, que administrou o resultado e até poderia ter marcado mais gols, contudo, parou na defesa do Bangu. Resultado justo e merecido para quem foi mais efetivo na frente do gol.

continua após publicidade

O Vasco volta a campo no domingo para enfrentar o Audax, às 18h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. No mesmo dia, o Bangu visitará o Nova Iguaçu, às 11 horas, no Jânio Moraes, em Nova Iguaçu.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

VASCO 2 X 0 BANGU

VASCO - Thiago Rodrigues; Weverton, Luís Cangá, Anderson Conceição e Riquelme (Edimar); Matheus Barbosa, Juninho (Galarza), Bruno Nazário, Nenê e Gabriel Pec; Raniel (Getúlio). Técnico: Zé Ricardo.

BANGU - Paulo Henrique; Carlos Eduardo (Wisney), Israel, Raí e Lucas Oliveira; Renatinho (Alison Daniel), Danilson, Nascimento (Felipinho) e Baggio; Daniel Dias (Adsson) e Luís Araújo (Santarém). Técnico: Felipe Loreiro.

continua após publicidade

GOLS - Raniel, aos 14; e Nenê, aos 19 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Tarcizo Pinheiro Caetano (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Juninho e Bruno Nazário (Vasco); Wisney, Israel e Daniel Dias (Bangu).

PÚBLICO - 5.735 pagantes.

RENDA - R$ 169.120,00.

LOCAL - Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).