Esportes

Vasco perde na despedida e Londrina escapa do rebaixamento na Série B

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Vasco entrou em campo para apenas cumprir tabela na última rodada da Série B e se despediu de forma melancólica. O time carioca foi derrotado por 3 a 0 pelo Londrina, em partida disputada no estádio do Café, em Londrina (PR). Com a vitória no Paraná e o empate sem gols entre Remo e Confiança, o time paranaense escapou do rebaixamento.

continua após publicidade

O Londrina terminou na 16.ª posição, com 44 pontos, contra 43 do Remo, que foi rebaixado. O Vasco, que ainda perdeu um pênalti com German Cano no segundo tempo, se despediu da Série B na 10.ª colocação, com apenas 49 pontos. E termina a competição com um longo jejum de vitórias. São oito jogos sem vencer - três empates (Náutico, Vila Nova e Remo) e cinco derrotas (CSA, Guarani, Botafogo e Vitória, além do Londrina). A última vitória do Vasco aconteceu no dia 16 de outubro sobre o Coritiba por 2 a 1, no Rio de Janeiro.

Agora o time carioca pensa em 2022 e a prioridade é a contratação de um técnico. Desde a demissão de Fernando Diniz, no dia 11 de novembro após derrota para o Vitória por 3 a 0 pela 35.ª rodada, o time carioca é dirigido interinamente por Fábio Cortez.

continua após publicidade

O Londrina pressionou desde o começo e antes dos dez minutos, o árbitro Antônio Dib Moraes de Sousa protagonizou dois lances, um para cada lado. Aos dois, Caprini foi derrubado pelo goleiro Lucão, mas após consulta ao VAR, foi assinalado impedimento do atacante. Aos nove minutos, desta vez pelo lado do Vasco, o árbitro anulou gol de Gabriel Pec, assinalando toque de mão de Cano.

Com espírito de decisão e mais agressivo, o Londrina chegava com perigo pelo lado direito vascaíno. Assim, abriu o marcador aos 17 minutos, Zeca invadiu a área do Vasco pela direita, cruzou e a bola desviou em Ricardo Graça antes de entrar. O gol foi contra do zagueiro vascaíno.

Cinco minutos depois, o time paranaense chegou ao segundo gol. Zeca é lançado novamente pela direita, Lucão saiu do gol e o atacante do Londrina tocou de fora da área por cima para marcar. Após os dois gols, o time da casa diminuiu o ritmo, enquanto o Vasco, com atuações apagadas de Nenê e Cano, pouco criou na etapa inicial.

continua após publicidade

No primeiro ataque do Londrina no segundo tempo, Caprini ampliou o placar. O atacante tentou cruzar pela esquerda e conta com a colaboração do goleiro Lucão para marcar.

O time paranaense seguiu no ataque mesmo com a vitória sacramentada já no início do segundo tempo. O Vasco, pouco inspirado, seguia sem agredir o Londrina e contava apenas com Nenê tentando criar algo no setor ofensivo.

Aos 31, após toque de mão de Bídia, o árbitro, após consultar o VAR, assinalou pênalti. Cano bateu no canto esquerdo, mas César defende. O Londrina administrou o resultado no final e garantiu a vitória.

continua após publicidade

Depois os jogadores esperaram dois minutos para festejar a manutenção na Série B, porque dependia do resultado em Belém.Muita festa no estádio e na cidade.

FICHA TÉCNICA:

continua após publicidade

LONDRINA 3 x 0 VASCO

LONDRINA - César; Elácio Cordoba, Saimon, Augusto e Eltinho; João Paulo (Jean Henrique), Jhonny Lucas (Bídia) e Gegê (Celsinho); Mossoró (Marcelinho), Zeca (Roberto) e Caprini. Técnico: Márcio Fernandes.

VASCO - Lucão; Léo Matos, Ricardo Graça, Leandro Castan e MT (João Pedro); Bruno Gomes (Andrey), Caio Lopes (Juninho), Jhon Sánchez (Figueiredo) e Nenê; Gabriel Pec (Laranjeira) e Germán Cano. Técnico: Fábio Cortez.

continua após publicidade

GOLS - Ricardo Graça (contra), aos 17 minutos, e Zeca, aos 22 minutos do primeiro tempo. Caprini, a um minuto do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - João Paulo e Saimon (Londrina); Léo Matos (Vasco).

ÁRBITRO - Antônio Dib Moraes de Sousa (PI).

RENDA - R$ 45.165,00.

PÚBLICO - 3.011 pagantes (3.463 no total).

LOCAL - Estádio do Café, em Londrina (PR).