Esportes

Torcida apoia Palmeiras com festa na porta do CT e recebe carinho dos jogadores

Da Redação ·

Apesar de a diretoria do Palmeiras ter optado por não abrir o último treino antes da final do Paulistão, contra o São Paulo, torcedores se reuniram em frente à Academia de Futebol na manhã deste sábado para apoiar o time e conseguiram uma resposta do elenco. Após o treinamento, os atletas e o técnico Abel Ferreira retribuíram o carinho na porta do CT, aplaudindo os apoiadores.

continua após publicidade

A manifestação foi convocada pela torcida organizada Mancha Alviverde, que chegou a criticar a presidente Leila Pereira por não ter liberado a entrada dos torcedores. De qualquer forma, o clima nesta manhã foi majoritariamente de harmonia. Os palmeirenses chegaram cedo ao CT e ficaram por lá até o treino acabar.

Pouco depois das 11 horas, os jogadores apareceram no portão para agradecer o apoio e todos tiveram os nomes cantados. Atletas como Marcos Rocha, Gustavo Gómez e Weverton subiram em uma base montada pelo clube na entrada do local e interagiram com os torcedores presentes. O treinador Abel Ferreira também marcou presença.

continua após publicidade

Durante o treinamento, realizado longe dos olhares dos curiosos, como de costume, o português acertou os últimos detalhes para a decisão. Após mostrar um vídeo ao elenco, ele comandou uma atividade focada em posicionamento e movimentações. Depois, os jogadores treinaram jogadas de bola parada e cobranças de pênaltis. Uma provável escalação tem Weverton; Marcos Rocha, Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael, Gustavo Scarpa e Raphael Veiga; Dudu e Rony.

São Paulo e Palmeiras decidem o título do Paulistão no domingo, a partir das 16 horas, no Allianz Parque. Como o time tricolor venceu o jogo de ida, no Morumbi, por 3 a 1, os palmeirenses precisam de uma vitória por vantagem de três ou mais gols para conquistar o título no tempo regulamentar. Caso vença por dois gols de diferença, leva a decisão aos pênaltis.

O Palmeiras espera mais uma grande demonstração da força da torcida, mesmo com as limitações que terá em seu estádio no dia da final. A capacidade do Gol Norte foi reduzida por causa da instalação do palco para o show da banda Maroon 5. Com isso, o clube decidiu montar uma estrutura com um megatelão e dois telões laterais na ala bloqueada do setor para torcedores acompanharem a partida dentro do Allianz.