Esportes

Thiago Silva marca, mas Chelsea sofre na defesa e leva virada do West Ham

Da Redação · GoogleNews

Siga o TNOnline
no Google News

Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Chelsea saiu na frente neste sábado, com um gol marcado por Thiago Silva, mas deixou o West Ham empatar duas vezes até conseguir a virada por 3 a 2 nos minutos finais do segundo tempo. Em um dia ruim da defesa no Olímpico de Londres, o time comandado por Thomas Tuchel viu chegar ao fim uma série de 12 jogos sem derrota na temporada.

continua após publicidade

Na liga nacional, a sequência invicta era de oito jogos. Com o resultado negativo, a equipe estaciona nos 33 pontos e fica com a liderança ameaçada pelo vice-líder Manchester City, com 32, e pelo terceiro colocado Liverpool, que tem 31. O West Ham, por sua vez, tem 27 pontos, na quarta colocação.

Os primeiros minutos do jogo foram marcados por erros de Thiago Silva na saída do campo de defesa. O brasileiro perdeu duas bolas para o ataque do West Ham, em lances que terminaram com boas oportunidades de gol para Bowen e Soucek. A redenção, contudo, também veio em dose dupla.

continua após publicidade

Após as falhas, o zagueiro de 37 anos marcou o primeiro gol da partida, de cabeça. Dois minutos depois, salvou uma bola quase em cima da linha, quando ela já tinha passado pelo goleiro Mendy. Apesar disso, a defesa do Chelsea não estava em um bom dia, começando pela proteção no meio de campo, principalmente em razão da ausência de Kanté, lesionado.

Aos 37 minutos, Mendy recebeu uma bola mal recuada por Jorginho, o terceiro melhor jogador do mundo segundo a premiação Bola de Ouro, e derrubou Bowen dentro da área ao tentar se recuperar. O árbitro marcou pênalti e Lanzini converteu.

O erro defensivo foi compensado pelo talento do elenco lá na frente, com um golaço que devolveu a vantagem ao time visitante, aos 43 minutos. No lance, Ziyech fez um lindo lançamento em direção à área, onde Mount recebeu a bola e bateu de primeira para colocá-la na rede de Fabianski.

continua após publicidade

No segundo tempo, o West Ham conseguiu ficar com a bola e soube transformar a posse em gol. O empate saiu aos dez minutos, quando Bowen recebeu passe de Coufal na entrada da área e bateu firme para superar Mendy. O mesmo Bowen quase conseguiu a virada aos 29, após tentar um carrinho e mandar para fora, com Mendy já deslocado do lance.

No fim das contas, o time da casa conseguiu reverter o placar. Aos 41 minutos, Masuaku cruzou pela esquerda e contou com um desvio em Loftus-Cheek para ver a bola morrer na rede. Os visitantes não conseguiram reagir e viram a série invicta chegar ao fim.

O Chelsea volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Zenit pela Liga dos Campeões, antes de jogar contra o Leeds, no próximo sábado, pelo Campeonato Inglês. Já o West Ham tem duelos contra o Dínamo Zagreb, pela Liga Europa, na quinta-feira, e contra o Burnley, pela liga nacional, no domingo que vem.