Esportes

Técnico do Guarani critica arbitragem e promete reação na Série B

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O sentimento no vestiário do Guarani depois da derrota para o Sport, por 2 a 1, na noite de quinta-feira, na Ilha do Retiro, no Recife, era de revolta. A principal reclamação é pelo gol anulado de Nicolas Careca ainda no primeiro tempo, quando o time pernambucano vencia por 1 a 0.

continua após publicidade

Depois de sofrer o gol aos cinco minutos, o Guarani buscou o empate aos 14, mas o árbitro André Luiz de Freitas anulou depois de consultar o VAR, que recomendou a revisão por ver falta de Júlio César em Pedro Naressi na origem do lance.

"Não gosto muito de falar da arbitragem porque tenho que falar do meu time, do que fizemos ou deixamos de fazer. Mas é um sentimento de indignação. No momento que estávamos melhor, empatamos o jogo e o nosso gol foi anulado. Futebol é um esporte de contato. Tivemos problemas, mas na minha opinião a arbitragem condicionou o resultado", desabafou o técnico Mozart.

continua após publicidade

O quarto jogo seguido sem vitória mantém o Guarani com 19 pontos, na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar da possibilidade do time terminar a 21ª rodada na lanterna, Mozart não joga a toalha e garante a reação a partir da próxima sexta-feira, contra o Grêmio, em Campinas.

"Nós vamos reagir, não tenho dúvida disso. Nós vamos sair dessa situação. Eu confio no meu trabalho, tenho minhas convicções, tenho confiança nos jogadores que eu tenho. Vamos sair dessa situação e vai ser a partir de sexta-feira. Nós temos um jogo duro, contra um time que está no G-4... Melhor ainda, é um jogo que o jogador por si só vai estar motivado", afirmou o treinador.

A partida entre Guarani e Grêmio válida pela 22ª rodada da Série B está marcada para as 21h30 da próxima sexta-feira, no estádio Brinco de Ouro da Princesa. A diretoria fez promoção e espera contar com o apoio da torcida.