Esportes

Sylvinho ensaia marcação sob pressão para 'ficar mais perto' do gol do Santos

Da Redação ·

O técnico Sylvinho quer acabar com a sina de que o Corinthians não ganha de time grande no Brasileirão. E ensaia a equipe para fazer marcação sob pressão no clássico contra o Santos, no domingo, na Vila Belmiro. Quer sua equipe sufocando defensores e tentando roubar a bola mais perto do gol para surpreender e acabar com o jejum diante das forças do País.

continua após publicidade

As quatro vitórias corintianas na Série A forem contra clubes emergentes. Bateu Sport, América-MG, Cuiabá e Chapecoense. Diante dos grandes, apenas empates e derrotas, como contra Atlético-MG e Flamengo. "Desencantar" contra os poderosos é importante para o Corinthians não ficar andando na parte de baixo da tabela.

Recém-chegados, mais uma vez Giuliano e Renato Augusto participaram de todo o trabalho em campo no CT Joaquim Grava. Mas apenas o primeiro deve estar à disposição para o clássico. Não à toa, trabalharam em equipes distintas.

continua após publicidade

Ainda aguardando para ser inscrito e com menos preparo físico, Renato Augusto deve aguardar ao menos mais uma semana para entrar em campo. A preparação é para jogar contra o Ceará, dia 15 de agosto, na Neo Química Arena.

Já Giuliano, após se colocar à disposição e prometendo "ajudar em várias posições", está cada vez mais perto da estreia. Trabalhou forte no time com colete azul, deu lançamentos, chutes e auxiliou na marcação sob pressão. Deve ser aproveitado ao menos em uma das etapas.

Sylvinho ainda trabalhou posicionamento defensivo para evitar que a defesa seja vazada na Vila Belmiro. Apesar dos poucos gols sofridos, o Corinthians não anda conseguindo se firmar no setor. Levou três gols do Flamengo por erro na saída de bola ou por má colocação nas jogadas.

A última vez em que esteve na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista, o Corinthians ganhou por 2 a 0. Sylvinho trabalha forte para que o resultado positivo se repita e as cobranças diminuam.