Esportes

Swiatek vai à semifinal em Roma com direito a 'pneu'; Zverev e Tsitsipas avançam

Da Redação ·

Iga Swiatek continua dando show nas quadras em 2022. A líder da ranking da WTA avançou às semifinais do WTA 1000 de Roma com vitória contundente sobre a canadense Bianca Andreescu, com direito a 'pneu' no segundo set - fez 7/6 (7/2) na primeira parcial. A polonesa somou seu 26° triunfo seguido e chegou a 12 sets vencidos por 6 a 0 na temporada.

continua após publicidade

A japonesa Naomi Osaka, em Miami, foi a última tenista a levar um 6/0 de Swiatek, que agora terá a bielo-russa Aryna Sabalenka pela frente na busca por mais uma final no ano. A semifinal é neste sábado.

Apesar de ter levado um 'pneu' no segundo set, Andreescu deu enorme trabalho a Swiatek na primeira parcial, recheada de quebras. Foram três para cada lado e decisão apenas no tie-break, no qual a polonesa foi soberana, confirmando todos os saques e quebrando duas vezes para fechar com 7/2.

continua após publicidade

Lutar bastante e acabar derrotada na primeira parcial desanimou a canadense, que não impôs resistência no set seguinte. Swiatek aproveitou os três breakpoints e quebrou os serviços da canadense. Com 5 a 0, forçou o saque e fechou no terceiro match point.

Após quatro derrotas no confronto com Amanda Anisimova, Aryna Sabalenka, enfim, desencantou diante da americana. A tenista bielo-russa venceu de virada, por 4/6, 6/3 e 6/2, fechando o jogo com um ace.

Depois de ser superada pela rival no Aberto da Austrália e em Roland Garros em 2019, e nos WTA de Charleston e Madri de 2022, ela finalmente desencantou. Festejou com um "ufa" e olhando para os céus. Agora, Sabalenka terá novo tabu pela frente, diante da líder do ranking, de quem perdeu nos dois encontros que tiveram no circuito.

continua após publicidade

FAVORITOS AVANÇAM

Alexander Zverev, cabeça 2 no Masters 1000 de Roma e Stefanos Tsitsipas, o 4, comprovaram o favoritismo nesta sexta-feira para se garantirem nas semifinais.

O alemão passou pelo chileno Cristian Guarín sem sustos, com 7/5 e 6/2, enquanto o grego teve um pouco mais de trabalho diante do local Jannik Sinner. O italiano conseguiu levar o primeiro set ao tie-break, mas caiu com 7/6 (7/5). Na parcial seguinte, caiu com 6/2. Alemão e grego abrem as semifinais masculinas neste sábado.