Esportes

Senegal bate Guiné Equatorial por 3 a 1 e avança para semifinal da Copa Africana

Da Redação ·

Senegal é a última seleção classificada para a semifinal da Copa Africana de Nações. O país de Sadio Mané e Edouard Mendy venceu a surpreendente Guiné Equatorial neste domingo e carimbou vaga entre as quatro melhores do torneio continental. O jogo aconteceu em Yaoundé e terminou com vitória de Senegal por 3 a 1.

continua após publicidade

Senegal terá pela frente outra surpresa na próxima fase, a seleção de Burkina Faso, que eliminou a Tunísia por 1 a 0 no último sábado. O duelo acontecerá na próxima quarta-feira, em Douala. Na outra chave, o anfitrião Camarões enfrenta o Egito.

Entre a classificação do Egito e o início do jogo de Senegal, os companheiros de Liverpool Sadio Mané e Mohamed Salah tiraram uma foto juntos, já que os jogos aconteceram no mesmo estádio. Ambos foram importantes para garantir suas seleções na semifinal e poderão se encontrar na grande decisão da Copa Africana de Nações, no próximo domingo.

continua após publicidade

Sadio Mané abriu o caminho para a vitória senegalesa aos 27 minutos de jogo, dando um passe decisivo nas costas da zaga para Diédhiou tirar do goleiro e abrir o placar. Senegal teve mais volume de jogo no primeiro tempo, mas a surpresa Guiné Equatorial não deu vida fácil para os adversários.

No início da segunda etapa, Guiné Equatorial teve um pênalti marcado, mas o VAR revisou o lance e voltou atrás. Pouco tempo depois, aos 12 minutos, o empate veio. Perspicaz, Jannick Buyla teve muita rapidez para dominar e bater em direção ao gol, superando o goleiro do Chelsea, Edouard Mendy, eleito pela FIFA o melhor do mundo em 2021.

A estrela do técnico Aliou Cissé brilhou para levar Senegal à semifinal. O treinador colocou Cheikhou Kouyaté em campo aos 20 minutos no lugar de Gueye. Três minutos mais tarde, Kouyaté marcou o gol que devolveu a vantagem aos senegaleses, 2 a 1.

A classificação foi confirmada por mais um jogador que entrou no decorrer da partida, Ismaila Sarr, aos 33 minutos. Ciss recebeu lançamento pela ponta, fez lindo domínio no peito, correu até a linha de fundo e tocou para Sarr marcar e fechar o placar.