Esportes

Sem Neymar e Messi, PSG vence Angers, mas comemoração do título francês é adiada

Da Redação ·

O PSG poderia ter comemorado o título do Campeonato Francês nesta quarta-feira, na 33ª rodada, mas o Olympique de Marseille não deixou. O time de Paris não sentiu as ausências do suspenso Neymar e do lesionado Messi e fez a sua parte ao vencer o Angers por 3 a 0, no Stade Raymond-Kopa. A vitória por 3 a 2 do rival de Marselha sobre o Nantes, entretanto, impediu a confirmação matemática da conquista.

continua após publicidade

De qualquer forma, o grito de campeão está perto de ser liberado. Líder com 77 pontos, o Paris Saint-Germain tem 15 pontos a mais que o Olympique, vice-líder com 62. Como restam cinco rodadas, estão em disputa justamente 15 pontos, portanto a equipe de Marselha pode, no máximo, igualar a pontuação do líder, desde que vença todos os jogos restantes. Além disso, precisaria tirar uma diferença de 45 a 22 no saldo de gols.

Sem duas das principais estrelas, o PSG ficou longe de ter uma atuação brilhante durante o primeiro tempo, mas jogou o necessário para construir uma vitória parcial tranquila. Maior astro em campo, Mbappé tirou o zero do placar aos 27 minutos, após tabelar com Hakimi e chutar rasteiro. Antes do fim da etapa inicial, o experiente Sergio Ramos ampliou, de cabeça, aos 46.

continua após publicidade

Quando o intervalo chegou, o Olympique perdia do Nantes por 2 a 1 em Marselha, resultado suficiente para carimbar o título parisiense. Aos dez do segundo tempo, chegou a informação de que o Olympique havia buscado o empate por 2 a 2. Ainda assim, o PSG continuava pronto para soltar o grito de campeão, possibilidade anulada no momento em que a virada por 3 a 2 foi alcançada no Vélodrome.

Como o time de Paris não dependia de si, o gol marcado por Marquinhos, aos 31 minutos, não fez tanta diferença. Os momentos finais foram de controle total, sem correr riscos, enquanto era aguardada a notícia de um novo gol do Nantes, o que não aconteceu. Por isso, a oficialização do título francês vai ter de esperar mais um pouco. A conquista pode vir no sábado, quando o PSG recebe o Lens no Parque dos Príncipes, a partir das 16 horas. Basta empatar para celebrar.