Esportes

São Paulo volta a decepcionar e só empata com a Inter de Limeira no Morumbi

Da Redação ·

Se já é difícil um raio cair no mesmo lugar duas vezes, três então é mais complicado ainda. Duas vitórias consecutivas obtidas já nos momentos finais das partidas devolveram o otimismo ao torcedor do São Paulo, que compareceu em bom número nesta quinta-feira, no Morumbi, para empurrar o time na partida contra a Internacional de Limeira, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Assim como os dois últimos adversários (Santo André e Ponte Preta), a equipe do Interior veio para tentar levar um ponto para casa, se fechou em seu campo de defesa e dificultou demais a tarefa para os mandantes. O técnico Rogério Ceni tentou de tudo, até trocou zagueiro por atacante no fim da partida, mas o resultado não foi o esperado - um empate em 0 a 0.

continua após publicidade

O resultado faz com que o São Paulo fique com 8 pontos em seis jogos, na vice-liderança do Grupo B do Paulistão. O líder é o São Bernardo, que tem 11 pontos e um jogo a mais. Já a Inter de Limeira chegou aos 7 pontos, e segue na 4ª colocação no Grupo A. No próximo domingo, às 18h30, o São Paulo faz o clássico da rodada contra o Santos, na Vila Belmiro. No mesmo dia, a Inter recebe a Ferroviária, às 20h30, no estádio Major Levi Sobrinho, em Limeira.

Na primeira etapa, o São Paulo dominou completamente a partida. O time apresentou muito volume de jogo, muita disposição, mas se complicava na hora da finalização das jogadas. Sem conseguir entrar na área do time de Limeira, o time tricolor passou a arriscar chutes de média distância, mas a pontaria não foi das melhores nos primeiros 45 minutos.

continua após publicidade

Entre as melhores chances do São Paulo no primeiro tempo, aos 23, Nikão tabelou com Marquinhos, que cabeceou sem forças, facilitando a vida para o goleiro Rafael Pin. Aos 28, em mais uma bola aérea, foi a vez de Gabriel Sara cabecear com perigo.

Rogério Ceni voltou com a mesma equipe para a segunda etapa e o São Paulo partiu para cima da Inter desde o primeiro minuto. Aos nove minutos, a melhor chance do time do Morumbi até então na partida. Após cobrança de escanteio pela esquerda, Sara tentou a cabeçada, mas a bola sobrou para Calleri na pequena área. Ele se ajeitou e bateu forte, mas o zagueiro Galdezani se jogou na linha da bola e salvou a Inter com o joelho.

Por volta dos 15 minutos do segundo tempo, o técnico Rogério Ceni trocou a dupla de atacantes - saíram Nikão e Marquinhos e entraram Eder e Rigoni. A ideia era continuar com o plano de sufocar a Inter de Limeira e chegar logo ao primeiro gol do jogo.

continua após publicidade

Aos 26, quase o gol do São Paulo saiu. Reinaldo, que entrou no time no lugar do volante Pablo Maia, bateu escanteio pela esquerda, a bola foi afastada e voltou para o lateral-esquerdo. Ele cortou o marcador e tentou o cruzamento, mas a bola saiu fechada e bateu na trave esquerda da Inter de Limeira.

O São Paulo novamente com perigo aos 34. Em mais um escanteio batido por Reinaldo, Eder apareceu na primeira trave e cabeceou para cima. A bola subiu e bateu no travessão do goleiro Rafael Pin.

A equipe de Rogério Ceni seguia amassando a Inter de Limeira. Aos 43 minutos, Eder quase conseguiu vencer Rafael Pin. Ele recebeu a bola pela esquerda, cortou para o pé direito e chutou para o gol. A bola desviou em Celsinho e tomou o rumo do ângulo esquerdo, mas o goleiro do time do Interior se esticou todo e conseguiu espalmar para escanteio.

continua após publicidade

Nos descontos, Rogério Ceni até tirou um zagueiro, Diego Costa, e colocou mais um atacante, Juan. O time tentou aproveitar os seis minutos de descontos, conseguiu uma série de escanteios, mas a vitória não veio. Após o apito final, a torcida tricolor, que apoiou durante todo o jogo, vaiou o time.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

SÃO PAULO 0 X 0 IMTER DE LIMEIRA

SÃO PAULO - Jandrei; Rafinha, Diego Costa (Juan), Arboleda e Léo; Rodrigo Nestor (Alisson), Pablo Maia (Reinaldo) e Gabriel Sara; Marquinhos (Rigoni), Nikão (Éder) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

INTER DE LIMEIRA - Rafael Pin; Léo Duarte, Rodolfo Filemon, Xandão e Rafael Carioca; Jhony Douglas, Matheus Galdezani (Celsinho) e Lima (Matheus Mancini); Geovane (Tito), Diego Tavares (Pedro do Rio) e Ronaldo Silva (Thiago Alagoano). Técnico: Vinicius Bergantin.

continua após publicidade

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo.

CARTÕES AMARELOS - Tito, Rodolfo Filemon e Eder.

RENDA - R$ 428.341,00.

PÚBLICO - 15.098 pagantes.

LOCAL - Morumbi, em São Paulo.