Esportes

Salah faz gol 2000 do Liverpool na Premier League e sela vitória contra Brighton

Da Redação ·

Acostumado a não deixar passar oportunidades de protagonizar momentos históricos no Liverpool, Mohamed Salah aproveitou bem a chance que teve neste sábado. O egípcio pegou a bola para bater um pênalti contra o Brighton, sabendo que, se acertasse, seria o gol 2000 da equipe na história da Premier League. Então, uma batida firme no meio garantiu a marca e deu números finais à vitória por 2 a 0 no Estádio Falmer, em jogo que abriu a 29ª rodada da liga inglesa.

continua após publicidade

O time de Anfield Road é apenas o segundo a marcar 2000 mil gols na era da Premier League, iniciada na temporada 1992/1993. Até então, o Manchester United, que alcançou a marca em outubro de 2019, era o único a ostentar o feito. Além de ampliar os números de seu clube, Salah também celebrou o 20º gol na atual edição do Campeonato Inglês, soma alcançada por ele pela quarta vez em cinco temporadas.

Agora com 66 pontos e oito vitórias seguidas na liga nacional, a equipe comanda por Jürgen Klopp coloca pressão no líder Manchester City, que tem 69 pontos e joga contra o Arsenal no domingo. O Brighton, por sua vez, fica em 13º lugar, com 33 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Newcastle.

continua após publicidade

Após avançar na Liga dos Campeões, mesmo com derrota para a Inter de Milão no meio da semana, o Liverpool teve dificuldades neste sábado. Os jogadores se depararam com um Brighton bem organizado dentro de campo, envolvente na troca de passes e eficiente na criação de jogadas no campo de ataque. Aos poucos, o time visitante conseguiu encaixar a marcação e também encontrou espaços lá na frente, até tirar o zero do placar com Luis Díaz, de cabeça, após lançamento de Matip, aos 18 minutos.

O gol do colombiano foi o número 1999 do Liverpool na Premier League, por isso o próximo jogador dos Reds que balançasse a rede entraria para história como autor do gol 2000, que saiu no segundo tempo, dos pés de um atleta acostumado a viver momentos de glória. Tudo começou com um pênalti sofrido por Mané.

Salah assumiu a responsabilidade da cobrança e converteu, ao bater firme no meio, aos 15 minutos, para fazer o gol histórico. Alguns minutos depois, o egípcio precisou ser substituído por suspeita de lesão, o que preocupou os torcedores. Sem ele em campo, o Liverpool até teve chances, mas não voltou a marcar.

O próximo jogo do Liverpool será contra o Arsenal, na próxima quarta-feira, em jogo atrasado da 27ª rodada. No mesmo dia, o Brighton repõe jogo da 16ª rodada contra o Tottenham.