Esportes

Rublev vence algoz de Djokovic e fatura título em Dubai; Swiatek é campeã em Doha

Da Redação ·

Andrey Rublev vai guardar excelentes lembranças de fevereiro de 2022. Após ser campeão em Marselha e semifinalista em Roterdã, o russo conquistou mais um título neste sábado, quando levantou a taça do ATP 500 de Dubai, ao vencer o checo Jiri Vesely, algoz de Djokovic no torneio, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

continua após publicidade

O russo chegou ao décimo título da carreira no circuito e deve subir do sétimo para o sexto lugar do ranking na próxima atualização, ultrapassando o italiano Matteo Berrettini. Um dia antes da conquista, o jovem de 24 anos chamou a atenção da imprensa internacional ao escrever "Sem guerra, por favor" em uma das câmeras da transmissão após vencer o polonês Hubert Hurkacz na semifinal.

A frase se referia à invasão da Rússia, país de origem do tenista, à Ucrânia. Na grande final, contudo, ele não voltou a se manifestar sobre o assunto. Rublev apenas celebrou normalmente a vitória diante de um adversário que teve uma grande trajetória no torneio. Jiri Vesely veio das qualificatórias e disputou sete jogos em oito dias.

continua após publicidade

Em uma das partidas, nas quartas de final, o checo eliminou Novak Djokovic e contribuiu para tirar o sérvio do primeiro lugar do ranking mundial. A partir de segunda-feira, quando será feita a nova atualização, a posição de número 1 do mundo passa a ser do também russo Daniil Medvedev.

Neste sábado, o triunfo de Rublev começou a ser construído em um primeiro set consistente, no qual conseguiu 13 aces e viu o adversário quebrar seu serviço apenas uma vez. No set final, teve um pouco mais de dificuldade, pois chegou a abrir 3 a 1 e deixou Vesely empatar, mas conseguiu uma nova quebra para traçar o caminho da vitória.

WTA 1000 DE DOHA - Enquanto isso, no Catar, a polonesa Iga Swiatek,atual número 8 do mundo, conquistou o WTA 1000 de Doha com uma vitória por 2 sets a 0, após parciais de 6/2 e 6/0, sobre a estoniana Annet Kontaveit, que ocupa a sétima posição do ranking. Kontaveit vinha de nove vitórias consecutivas.

continua após publicidade

Ao quebrar a série invicta da adversária, Swiatek celebrou o segundo título da categoria 1000 - o primeiro foi em Roma, no ano passado, quando venceu a checa Karolina Pliskova com duas incríveis parciais de 6/0. Com apenas 20 anos, a jovem polonesa tem, no total, quatro títulos de simples em torneios do WTA.

Em duelos diretos contra Kontaveit, Swiatek venceu três, contando com o deste sábado, e perdeu dois. Os dois triunfos anteriores vieram em sequência, conquistados em Roland Garros e no US Open da temporada passada.