Esportes

Ronaldinho Gaúcho e o irmão deixam o Paraguai após quase 6 meses de prisão

Ronaldinho Gaúcho e o irmão, Roberto Assis, deixam o Paraguai após quase seis meses de prisão

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Ronaldinho Gaúcho e o irmão deixam o Paraguai após quase 6 meses de prisão
fonte: Sebastian Caceres/Paraguayan Supreme
Ronaldinho Gaúcho e o irmão deixam o Paraguai após quase 6 meses de prisão

Ronaldinho Gaúcho e o irmão, Assis, deixaram Assunção no Paraguai nesta terça-feira (25), por volta das 13h40. Os irmãos deixaram o Paraguai em um voo particular, no Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi. 

continua após publicidade

Eles estavam detidos preventivamente no país há quase seis meses após entrarem no país com documentos adulterados. Os acusados foram liberados da prisão domiciliar, na tarde da última segunda-feira (24), após o pagamento de uma multa de R$ 1,1 milhão. 

A estimativa é que a dupla chegue no Rio de Janeiro depois das 15h desta terça-feira (25).

continua após publicidade

Os passageiros do voo fretado pelo ex-jogador deverão seguir todas as medidas sanitárias de prevenção à Covid-19 para desembarcar no Brasil.